DGS não contabiliza todos os casos de Covid-19

Segundo os boletins diários da DGS, que fazem o ponto de situação da pandemia em Portugal, desde o dia 6 de junho que não houve nenhuma infeção de Covid-19 em um quarto dos concelhos,os hospitais e unidades de saúde pública do norte confirmam novos casos de infeção nestes concelhos no último mês.

Graça Freitas, diretora-geral da DGS | Tiago Petinga/Lusa

Existem discrepâncias entre o número de casos de Covid-19 reportados pela Direção-Geral da Saúde (DGS) e o real contágio da pandemia em Portugal, avança o semanário “Expresso”, este sábado.

Em causa, estão discrepâncias “nos registos, como surtos noticiados que não aparecem logo na estatística da DGS, diferenças entre o número total de infeções e a distribuição por concelhos, um número maior de casos registados pelas autoridades de saúde do que o reportado na base de dados totais ou até concelhos que o boletim oficial refere não terem novos doentes há semanas mas onde continua a haver admissões Covid nas urgências locais e unidades de saúde pública a identificar positivos”, refere o jornal.

Segundo os boletins diários da DGS, que fazem o ponto de situação da pandemia em Portugal, desde o dia 6 de junho que não houve nenhuma infeção de Covid-19 em um quarto dos concelhos, alguns dos quais correspondem a municípios muito populosos e que, nos meses anteriores, tiveram mais de 700 casos.

São os casos do Porto, Matosinhos, Braga, Gondomar, Maia e Guimarães. No entanto, a publicação refere que, contrariamente aos números oficiais, os hospitais e unidades de saúde pública do norte confirmam novos casos de infeção nestes concelhos no último mês.

Relacionadas

Vírus já matou mais de 522 mil pessoas e infetou quase 11 milhões

A agência France-Presse alerta que o número de casos diagnosticados, no entanto, reflete apenas uma fração do total real de infeções

Infografia | Covid-19: ponto de situação em Portugal a 3 de julho

Veja aqui a evolução do novo coronavírus em Portugal, com os indicadores disponibilizados pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Marta Temido aponta para a existência de 34 surtos em Portugal

Os surtos encontram-se divididos pela Administração Regional de Saúde do Norte (ARSN) com 18, cinco surtos na ARS do Centro e seis surtos na ARS do Algarve.
Recomendadas

Espanha regista mais de 14 mil novas infeções por Covid-19 e 90 mortes num dia

Madrid continua a ser a comunidade autónoma com o maior número de infeções, tendo registado mais 5.086 do que o número notificado na terça-feira, o que significa mais de 35% da evolução nacional.

“É importante evitar manifestações de massas”, alerta Presidente da República

Sem querer especificar situações como os ajuntamentos no Santuário de Fátima, Marcelo Rebelo de Sousa referiu que “é importante não juntar novos fatores de contágio, seja manifestações de massas ou outras menos expressivas”.

Moderna quer produzir 20 milhões de doses da vacina contra o Covid-19 até ao final de 2020

Atualmente, não há vacinas contra o Covid-19 aprovadas pelos reguladores dos EUA, embora algumas já se encontrem na fase final de testes para provar que são seguras e eficazes.
Comentários