Covid-19: Governo espanhol pode decidir terça-feira medidas a tomar em Madrid

Conta o “El Economista” este domingo que, se o executivo liderado por Pedro Sánchez se basear desta legislação, o Governo poderá decidir já no próximo Conselho de Ministros, que vai ter lugar na terça-feira, dia 29, o confinamento da cida

O Governo espanhol já está a equacionar uma intervenção na Comunidade de Madrid para tomar as medidas necessárias que possam travar os contágios por Covid-19 sem ter que aplicar o estado de emergência nem outras medidas consideradas drásticas como o artigo 155 da Constituição, mediante o decreto da designada “nova normalidade”.

Conta o “El Economista” este domingo que, se o executivo liderado por Pedro Sánchez se basear desta legislação, o Governo poderá decidir já no próximo Conselho de Ministros, que vai ter lugar na terça-feira, dia 29, o confinamento da cidade de Madrid e dos municípios da região que superem os 500 contágios por 100 mil habitantes de incidência acumulada em 14 dias.

Este decreto real, que confere ao Governo central, através do Ministério da Saúde, a possibilidade de agir sem ter que correr a medidas consideradas mais invasivas como o estado de emergência ou a aplicação do artigo 155 da Constituição.

Demite-se porta-voz do Grupo Covid-19 Madrid 

O ex-chefe do Serviço de Microbiologia Clínica e Doenças Infeciosas do Hospital Universitário Gregorio Marañon, Emilio Bouza, deixou o seu cargo como porta-voz do Grupo Covid-19 dois dias depois da sua nomeação como porta-voz do Grupo Covid-19 para a Comunidade de Madrid, informaram fontes do Governo regional à Europa Press.

Emilio Bouza foi escolhido para atender aos pedidos de informação da sociedade sobre diretivas decididas por este equipa, que “busca dar seguimento e resposta à evolução da pandemia da comunidade”.

A demissão de Emilio Bouza acontece um dia depois do Governo central espanhol e do Governo autónomo terem mostrado as suas divergências relativamente às medidas acordadas no sentido de ampliar as restrições a oito zonas básicas da região. O ministro da Saúde, Salvador Illa, surgiu em conferência de imprensa para pedir medidas mais contundentes e este sábado pediu ao executivo autónomo para “rever as suas decisões e escutar a ciência” no momento de gerir a pandemia de coronavírus.

 

Ler mais
Relacionadas

Porta-voz do Grupo Covid-19 de Madrid demite-se dois dias depois da nomeação

Emilio Bouza foi escolhido para atender aos pedidos de informação da sociedade sobre diretivas decididas por este equipa, que “busca dar seguimento e resposta à evolução da pandemia da comunidade”.
Recomendadas

Deputada Cristina Rodrigues considera que OE2021 responde “na medida do possível” à crise da Covid-19

A ex-deputada do PAN defende que há ainda questões que podem ser melhoradas na proposta orçamental, mas destaca já alguns avanços do Executivo socialista, sobretudo no que toca à proteção dos animais.
joacine_katar_moreira_livre

OE2021 com viabilização garantida? Abstenção das deputadas não-inscritas resolve impasse

As duas abstenções das deputadas não-inscritas, Joacine Katar Moreira e Cristina Rodrigues, dão ao Governo o resultado necessário para aprovar, matematicamente, o Orçamento do Estado na generalidade, com 108 a favor, 103 contra e 19 abstenções. OE2021 seguirá para debate na especialidade.

Venezuela testou com sucesso molécula que anula o novo coronavírus

O Presidente da Venezuela explicou ainda que se trata da molécula DR10, que foi totalmente isolada e “não tem nenhum tipo de toxicidade que afete moléculas saudáveis” ou cause efeitos colaterais.
Comentários