Português, a língua mais falada do Hemisfério Sul

Os oito países de língua oficial portuguesa ocupam 7,25% da superfície continental da Terra e detêm cerca de 4% da riqueza total.

Os falantes de português oscilam entre os 260 milhões e os 270 milhões, e a língua de Camões é idioma materno nos cinco continentes, o que só tem paralelo no inglês. Cinco séculos depois dos descobrimentos, além de Portugal, cinco países africanos – Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e S. Tomé e Príncipe –, Macau, Timor-Leste e Brasil têm o português como língua oficial .

“A expansão marítima dos séculos XV e XVI levou a que uma língua inicialmente falada por menos de um milhão de pessoas se estendesse por vários continentes, com particular incidência na América do Sul, África e Ásia”, explica José Paulo Esperança num estudo do ISCTE/Instituto Camões.

Em 2012, o ISCTE fez o levantamento do “Potencial económico da língua portuguesa”, num trabalho coordenado pelo presidente de então Luís Reto. Nele se refere que os oito países de língua oficial portuguesa ocupam 10,8 milhões de Km2, o equivalente a 7,25% da superfície continental da Terra, possuindo todos eles amplas plataformas marítimas e detendo cerca de 4% da riqueza total.

Em 2014, a Guiné Equatorial tornou-se membro da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP). A terceira potência petrolífera de África comprometeu-se a garantir o português como terceiro idioma oficial, ao lado do espanhol e do francês, o que implicaria formar na escola básica e secundária os alunos em competências linguísticas que incluem também o português.

Recomendadas

Reino Unido com mais 215 mortos por Covid-19 nas últimas 24 horas

O Governo mantém o seu plano de algumas escolas primárias em Inglaterra voltarem a funcionar na segunda-feira, embora alguns cientistas tenham manifestado receios de que esta reabertura seja prematura.

Jerónimo de Sousa: “Caiu por terra a teoria de que estamos todos no mesmo barco”

O secretário-geral do PCP diz que “a ilusão de que vai tudo ficar bem” “caiu por terra” com a pandemia e o encerramento de unidades educativas e critica “a medida do Governo de levar os estudantes do ensino profissional a terem de realizar uma autêntica volta pelo país para fazerem exames para os quais não foram preparados, para concorrer a meia dúzia de vagas”.

Infografia | Nove em cada dez casos novos de Covid-19 foram na região de Lisboa e Vale do Tejo

O mapa mostra, concelho a concelho, a evolução dos casos da doença nas últimas 24 horas em Portugal. O país registou mais 257 novas confirmações de infeção por coronavírus. Segundo a ministra da saúde, a região de Lisboa e Vale do Tejo representou, em média, 85% dos novos casos nos últimos oito dias.
Comentários