Proposta de Orçamento do Estado 2019 aprovada pelo Governo

Reunião extraordinária do Conselho de Ministros começou às 11 horas e terminou após as 22 horas. A data limite para o documento ser apresentado ao Parlamento é segunda-feira, 15 de outubro.

A proposta de Orçamento do Estado para 2019 (OE2019) foi aprovada este sábado pelo Governo, após uma reunião extraordinária do Conselho de Ministros, que começou às 11 horas e terminou após as 22 horas. A data limite para o documento ser apresentado ao Parlamento é segunda-feira, 15 de outubro.

“O Conselho de Ministros aprovou hoje a Proposta de Lei do Orçamento do Estado para 2019, o Relatório que o acompanha, as Grandes Opções do Plano e o Quadro Plurianual de Programação Orçamental”, anunciou o conselho, em comunicado.

O ministro das Finanças, Mário Centeno, recebeu os partidos com representação parlamentar na passada terça.-feira e comunicou-lhes o cenário macroeconómico previsto pelo Governo para o próximo ano.

A proposta do Governo de Orçamento do Estado deverão estar inscritas metas de crescimento do produto interno bruto (PIB) de 2,2%, um défice de 0,2%, um desemprego de 6,3% e uma redução da dívida pública para 117% do PIB em 2019.

Na Assembleia da República, a proposta orçamental do Governo será discutida e votada na generalidade nos próximos dias 29 e 30. A votação final global está agendada para 29 de novembro.

[Notícia atualizada às 22h50]

Ler mais
Relacionadas

OE2019: Prazo para a entrega de IRS passa para 30 de junho

Esta e outras alterações ao IRS na nova versão do Orçamento de Estado de 2019.

OE2019: Mudança para o interior dá durante três anos uma dedução das rendas até 1.000 euros

Benefícios para quem vai para o interior: as rendas vão poder deduzir até 1.000 euros e estudantes recebem mais pelas despesas escolares. O tecto máximo das deduções à colecta em sede de IRS aumenta dos 800 euros para 1.000 euros

OE2019: Bancos obrigados a revelar ao Fisco transferências e envio de fundos para offshores

Os bancos vão ser obrigados a submeter anualmente, até ao final de março, no Portal das Finanças, uma declaração a relatar o conjunto dos fluxos para offshore ocorridos no ano anterior. Com o OE 2019, o Banco de Portugal passa também a ter o dever de até março, disponibilizar ao Fisco a informação estatística detalhada por entidade que presta serviços de pagamento, tipologia de sujeito passivo ordenante e total por destino e motivo das operações.

Empresas só ficam livres do Pagamento Especial por Conta se o pedirem e tiverem a situação fiscal regularizada

O pedido de dispensa deve ser feito através do Portal das Finanças até ao final do 3º mês do respetivo período de tributação.
Recomendadas

Brexit: Parlamento britânico vota acordo em janeiro

O Parlamento britânico votará em janeiro o acordo do ‘Brexit’, que foi negociado entre o Reino Unido e a União Europeia (UE), após o adiamento da votação marcada para esta semana, anunciou hoje o Governo britânico.

Brexit provoca quebra de 86 milhões de euros nas vendas de têxteis e vinho do Porto

Desde o referendo que ditou o Brexit que as exportações para o Reino Unido da indústria têxtil e do setor do vinho caíram 20% e 20,9%, respetivamente.

Tréguas no Reino Unido impressionam pouco Bruxelas

Bruxelas considera a vitória de May um assunto interno que não muda nada em relação ao Brexit. Entretanto, as listas de candidatos à sucessão da primeira-ministra começam a engrossar.
Comentários