3,9 mil milhões de pessoas: Mais de metade da população mundial está ‘online’

Segundo estimativas da União Internacional de Telecomunicações (UIT), uma agência da ONU, 51,2% da população mundial estará conectada à internet até ao final de 2018.

A Organização das Nações Unidas (ONU) divulgou hoje que cerca de 3,9 mil milhões de pessoas em todo o mundo estão ligadas à Internet, o que significa que, pela primeira vez, mais de metade da população mundial está conectada.

Segundo estimativas da União Internacional de Telecomunicações (UIT), uma agência da ONU, 51,2% da população mundial estará conectada à internet até ao final de 2018.

“Este é um passo importante rumo a uma sociedade de informação global mais inclusiva”, declarou o secretário-geral da UIT, Houlin Zhou, em comunicado.

Contudo, Houlin Zhou lembrou que “muitas pessoas em todo o mundo estão ainda à espera de colher os benefícios da economia digital e apelou para que “a revolução digital não deixe ninguém desconectado”.

Segundo a UIT, os países mais ricos estão a registar um crescimento lento, mas regular, com 80,9% da população atualmente conectada, contra 51,3% em 2005.

Os ganhos foram mais espetaculares nos países em desenvolvimento, onde atualmente 45,3% da população está conectada, comparativamente com 7,7% há 13 anos.

Segundo os dados da UIT, África é a região com maior crescimento, com 24,4% da população ligada, em comparação com 2,1% em 2005.

O relatório mostra igualmente que o número de assinaturas de linhas fixas continua a diminuir em todo o mundo, enquanto a quantidade de assinaturas móveis é agora maior do que a população mundial.

O número de assinaturas de banda larga móvel disparou de quatro por cada 100 habitantes em 2007 para as atuais 69,3.

Atualmente existem 5,3 mil milhões de assinaturas ativas de banda larga móvel em todo o mundo, segundo a UIT, que indica ainda que 96% da população mundial está coberta por uma rede de comunicações móveis.

 

 

Ler mais
Recomendadas

Vem aí a nova sociedade que vai controlar a “TSF”, o “DN” e o “Jornal de Notícias”

Os credores da Controlinveste, Millennium bcp e Novo Banco, acordaram o lançamento de uma nova sociedade que reúne as participações detidas pelas empresas de Joaquim Oliveira na Global Media, cuja posterior venda permitirá que os bancos presididos por Miguel Maya e António Ramalho possam recuperar parte dos 548 milhões de euros perdidos na Controlinveste

Comércio digital cresce mesmo sem tecnologia futurista

Os empresários contactados pelo Jornal Económico, que desenvolvem plataformas de comércio eletrónico, vendem ‘online’ ou estão ligados à indústria logística, defendem que os novos sistemas de pagamento têm facilitado a evolução deste mercado.

“Vamos assistir à terceirização do e-commerce”, afirma presidente da ACEPI

O presidente da ACEPI, Alexandre Nilo Fonseca, considera que o ramo alimentar, “que até agora tem estado um bocadinho afastado do digital”, vai assistir a uma evolução no comércio ‘online’.
Comentários