Reino Unido regista 49 mortes e 950 infeções por Covid-19 nas últimas 24 horas

De acordo com os dados oficiais do Ministério da Saúde, 46.413 pessoas já morreram até agora no Reino Unido após testes positivos para o novo coronavírus e um total de 308.134 foram infetadas desde o início da pandemia.

O Reino Unido registou hoje 950 infeções de covid-19 nas últimas 24 horas, número acima dos 892 reportados na quarta-feira e dos 670 na terça-feira, somando ainda 49 mortes.

De acordo com os dados oficiais do Ministério da Saúde, 46.413 pessoas já morreram até agora no Reino Unido após testes positivos para o novo coronavírus e um total de 308.134 foram infetadas desde o início da pandemia.

Nos hospitais britânicos continuam 1.118 pacientes, 73 dos quais requerem ventilação assistida.

Os surtos locais mantêm em confinamento parcial a cidade de Manchester e outras áreas no norte de Inglaterra, assim como a urbe de Aberdeen, na Escócia.

O autarca da cidade inglesa de Preston, onde vivem cerca de 150 mil pessoas, advertiu que o aumento de casos locais pode levar a novo confinamento nos próximos dias e pediu aos cidadãos para limitarem as visitas a outros domicílios e a usarem sempre a máscara, apesar de não ser obrigatório nas regras oficiais.

O governo britânico anunciou hoje que o sistema de deteção e rastreamento de contágio conseguiu entrar em contacto com 72,4% dos contactos próximos das pessoas que testaram positivo na semana que terminou a 29 de julho, uma percentagem um pouco menor à registada na semana anterior, e que foi de 76,2%.

Apesar das críticas ao programa de triagem britânico nos últimos dias, o primeiro-ministro, Boris Johnson, assegurou hoje que se trata de um sistema “líder mundial”.

“Estamos a fazer mais testes em relação ao número da população do que praticamente qualquer outro país da Europa”, afirmou o chefe de Governo, sublinhando que o Executivo trabalha junto das administrações locais para tomar as “medidas adequadas” em cada região do país.

Uma análise publicada pela Unidade de Bioestatística de Covid-19 da Universidade de Cambridge sugere que o número real de infeções diárias em Inglaterra situa-se nos 3.200, um número semelhante ao das últimas três semanas.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 708 mil mortos e infetou mais de 18,8 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Ler mais
Recomendadas

Pedro Silva Pereira designado relator para acordo do Brexit

“A proposta de lei do Governo de Boris Johnson sobre o mercado interno britânico tem disposições unilaterais frontalmente contrárias ao protocolo para a Irlanda e a Irlanda do Norte. É uma violação grosseira do princípio da boa fé e do Direito internacional. Não podia ter outra resposta”, refere o eurodeputado socialista.

OE 2021: Aumento de 20 euros do salário mínimo em cima da mesa

Proposta do executivo de António Costa para o aumento do salário mínimo poderá ser de menos 15 euros do que foi no ano passado, uma medida que não agrada ao Bloco de Esquerda que pede um crescimento de 35 euros, nem ao PCP que sugere uma subida de 215 euros.

Horários flexíveis em Lisboa e Porto vão durar seis meses e podem ser alterados todas as semanas

As empresas com mais de 50 trabalhadores vão poder alterar os horários semanalmente, mas a diferença máxima na hora de entrada e saída só pode ser de uma hora. Limites máximos diários e semanais do horário de trabalho não podem ser ultrapassados, nem passar o horário diurno ou noturno e vice-versa.
Comentários