InícioPrisma

O Knesset aprovou a "Lei básica: Israel como Estado-nação para o povo judaico", determinando que o povo judaico "tem um direito exclusivo à auto-determinação nacional". Mais, Jerusalém "unida" é a capital e o hebraico é a única língua oficial. Com que implicações para o processo de paz israelo-palestiniano?

Opinião

Desde 1999 foram criados 12 novos partidos, ao que acrescem vários entretanto extintos, mas só o BE nesse ano e o PAN em 2015 conseguiram entrar na Assembleia da República. Como é que se explica a elevada taxa de insucesso? Há uma "cartelização" por parte dos partidos com representação parlamentar? E da mais recente fornada de desafiadores, algum terá capacidade para singrar no futuro próximo?

Entrevistaram o antigo primeiro-ministro José Sócrates, fizeram uma série de reportagens em Israel e nos Territórios Palestinianos e entretanto ganharam uma bolsa da Open Society Foundations, fundada pelo magnata e filantropo George Soros. Com esse apoio pecuniário reformularam o projeto: novo nome, nova imagem, novo estatuto de órgão de comunicação social. "A nossa matriz não mudou", ressalvam.

Preto comparou Louçã a um agente do “barão da droga” Pablo Escobar. Martins chamou “cobarde” a Candal e avisou que “não voltas a falar assim comigo!” Soares não gostou do gesto a simular chifres de Pinho. Sócrates disse que “manso” era a tia de Louçã. Quando os políticos perdem a cabeça, as atas dos debates parlamentes transformam-se em literatura para adultos.

É um movimento pan-europeu, com partidos nacionais já formados em vários países. Está a recolher assinaturas para se constituir como partido em Portugal e concorrer às eleições europeias e legislativas em 2019. No plano ideológico, “acredita que as terminologias de esquerda e de direita estão ultrapassadas” e perfilha os valores “dos pais fundadores da então CEE”.

É o mais recente partido inscrito no TC e ambiciona eleger deputados já nas legislativas de 2019. Constituído por "liberais assumidos" que defendem uma "profunda renovação" da política portuguesa. "Pela primeira vez neste regime há quem diga no seu programa que quer menos Estado, que o número de funcionários públicos tem de diminuir, que a vampirização dos nossos rendimentos tem de parar", enaltece o líder.

Sob crescente pressão turística, os preços das casas não cessam de aumentar, sobretudo nos centros das grandes cidades, empurrando as populações residentes para as periferias e impondo o fecho de lojas históricas e associações culturais/cívicas. A gentrificação tem efeitos profundos ao nível social, político, urbanístico, arquitectural, cultural, entre outros.

últimas notícias

O Knesset aprovou a "Lei básica: Israel como Estado-nação para o povo judaico", determinando que o povo judaico "tem um direito exclusivo à auto-determinação nacional". Mais, Jerusalém "unida" é a capital e o hebraico é a única língua oficial. Com que implicações para o processo de paz israelo-palestiniano?

O apelo recorrente ao “voto útil”, que levava muitos a optar por um “mal menor”, tinha como base de sustentação a estabilidade política. Ora, olhando exemplos como o holandês, ou o alemão, fica claro que possíveis instabilidades políticas, sociais ou económicas não resultam de arranjos parlamentares, mas de possíveis atitudes e decisões de quem está na política.

Dália Rodrigues, diretora técnica da Associação "O Ninho", critica a utilização do conceito de "trabalho sexual" e sublinha que não se trata apenas de uma "questão de semântica". Quanto à proposta da JS de legalização do lenocínio, discorda, alertando que "é abrir as portas e facilitar a vida a exploradores e traficantes".

Debate na AML coincide com iniciativa da JS no sentido de regulamentar a prostituição, baseada da legalização do lenocínio. A utilização do conceito de "trabalho sexual" normaliza a prostituição como um negócio? É legítimo promover uma indústria de proxenetismo? A decisão de uma mulher se prostituir é tomada livremente?

Entre a espuma dos dias, a enunciação de princípios de igualdade entre mulheres e homens e uma análise aprofundada das causas da desigualdade e da discriminação, há um campo de trabalho técnico-científico que é fundamental mobilizar na construção e implementação da legislação e na informação da opinião pública em matérias de (des)igualdade em razão do sexo.

João Lourenço, enquanto membro do Conselho de Ministros, sempre aprovou as ilegais concessões milionárias que José Eduardo dos Santos foi dando aos filhos, e igualmente a forma repressiva como foram tratados todos os que ousaram reivindicar pacificamente por direitos humanos e que denunciaram a corrupção da qual ele também beneficiou em larga escala.

A nossa tese é que a emergência e o recente desenvolvimento extraordinário do setor do imobiliário de luxo em Lisboa - manifestação mais visível na paisagem urbana do processo de super-gentrificação - tem de ser compreendido num contexto de governança urbana neoliberal, promotora de estímulos ao mercado e à iniciativa privada, mas também nas geografias neoliberais dos fluxos transnacionais de capitais à escala global.

Dentro dos limitados recursos de que o nosso país dispõe - condicionante presente na política externa portuguesa desde a fundação de Portugal - devemos procurar contribuir para superar crises que ameaçam a nossa segurança, cultura política e modo de vida.

Atentados cometidos por muçulmanos obtêm uma cobertura da imprensa dos EUA cerca de 357% superior à dos atentados cometidos por não-muçulmanos. Como é que se explica esta disparidade que também se verifica na generalidade dos meios de comunicação social ocidentais? E porque é que se distingue entre "terrorismo" e "distúrbio psicológico" mediante a raça, etnia ou religião do perpetrador?