Governo da Madeira terá menos 80 milhões para operações de dívida pública

Para as operações de dívida publica o executivo madeirense terá disponível 371 milhões de euros.

O Governo da Madeira terá 371 milhões de euros alocados para operações de dívida pública, menos 80 milhões de euros, em comparação com o ano anterior, de acordo com a proposta de Orçamento Regional para 2020.

O executivo madeirense prevê ainda que exista uma subida de 19 milhões de euros na despesa alocada aos passivos financeiros para um total de 255 milhões de euros.

Na proposta de Orçamento Regional as funções de soberania terão 138 milhões de euros, um reforço de cinco milhões de euros face ao ano anterior.

No Orçamento Regional estão alocados, em termos de despesas correntes, 388 milhões de euros para despesas com pessoal, 178 milhões de euros para aquisição de bens e serviços, e 116 milhões de euros para juros e outros encargos.

Face ao ano anterior verifica-se um reforço de 20 milhões de euros nas despesas com pessoal, uma perda de 52 milhões de euros na aquisição de bens e serviços, e uma descida de 99 milhões de euros nos juros e outros encargos.

Recomendadas

Mercados do Município do Funchal acolhem quatro novos colaboradores

Este ano comemora-se o 80.º aniversário do Mercado dos Lavradores, pelo que o Presidente da Câmara lembrou a requalificação deste espaço, com a beneficiação da Praça do Peixe e a recuperação das redes de eletricidade e de saneamento básico do edifício.

PSD nacional instaura processo disciplinar a deputados da Madeira

Em entrevista ao Diário de Notícias da Madeira, a deputada Sara Madruga da Costa, afirmou que o processo disciplinar não a preocupa e que à semelhança do que aconteceu em 2016, quando também foi sancionada disciplinarmente, deixando inclusivamente de ser vice-presidente do Grupo Parlamentar do PSD, os interesses da Madeira estão em primeiro lugar.

Taxa do crédito habitação desce pelo quinto mês na Madeira

O montante em dívida no crédito habitação desceu dos 57 mil 971 euros para os 57 mil 807 euros.
Comentários