“Há pessoas na Rússia cujo trabalho é tentar explorar os nossos sistemas”, avisa Zuckerberg

Presidente do Facebook garantiu aos senadores americanos que a empresa está a colaborar com o investigador do caso da conspiração russa.

Mark Zuckerberg afirmou que “há pessoas na Rússia cujo trabalho é tentar explorar os nossos sistemas, e outros sistemas cibernéticos”. O presidente do Facebook continua a ser ouvido no Congresso dos EUA esta quarta-feira, para tentar convencer os congressistas de que já começou a aplicar mudanças radicais na operação da rede social, no âmbito do escândalo da Cambridge Analytica.

A alternativa será uma regulamentação ainda mais rígida e testes minuciosos para as empresas que dominam Wall Street. Mark Zuckerberg declarou-se culpado e pediu perdão ao Congresso americano na terça-feira afirmando ter sido “óbvio que não fizemos o suficiente para evitar que as nossas ferramentas fossem usadas para causar estragos. Eu criei o Facebook, sou eu que o dirijo e sou o responsável por tudo o que se passa nele”, sublinhou Zuckerberg.

Para Mark Zuckerberg a sua missão com a fundação do Facebook foi a de “criar uma comunidade para unir o mundo”, garantido que os “anunciantes nunca serão uma prioridade, enquanto for ele a mandar”.

O testemunho do presidente do Facebook é decisivo para o futuro da empresa. Em jogo não estão apenas as decisões que venham a ser tomadas pelos senadores, mas também a sua liderança na Bolsa de Valores, onde perdeu mais de 56 mil milhões de euros nos últimos dias.

Relacionadas

“Pode partilhar connosco o nome do hotel onde ficou ontem à noite?”. A pergunta que Zuckerberg demorou seis segundos a responder

A determinada altura da audição, o senador Durbin dirigiu-se a Mark Zuckerberg com uma pergunta que surpreendeu o Congresso. Esta foi a reação do fundador do Facebook.
Recomendadas

BPI é membro fundador do NEST – projeto-âncora do Programa Turismo 4.0

O BPI lidera a Linha de Apoio à Qualificação da Oferta – Turismo de Portugal, com uma quota de 23,6% do montante total de crédito enquadrado até 30 de junho de 2018. No âmbito desta linha, o BPI, em conjunto com o Turismo de Portugal, já financiou mais de 20 milhões de euros respeitantes a 37 projetos (27,8%).

Novo Banco nomeia Mark Bourke para CFO

Mark Bourke deverá entrar em funções no Novo Banco previsivelmente no início do próximo ano, depois de completar o seu mandato no AIB e após autorização pelo Banco Central Europeu.

Central hidroelétrica inovadora da EDP na Venda Nova ganha prémios internacionais

Central hidroelétrica Frades II, da EDP, foi distinguida com dois prémios internacionais de renome pela tecnologia implementada, inovação, rentabilidade e fiabilidade.
Comentários