Limpeza de caminhos florestais já chegou aos 150 km na Madeira

A mais recente intervenção decorre no caminho florestal entre a Achada do Vigário e o Miradouro do Cabeço das Voltas.

A limpeza de terrenos florestais, efetuada pelo Governo Regional, atinge sensivelmente os 150 km por ano, anunciou Susana Prada, secretária regional do Ambiente e Recursos Naturais. Atualmente o executivo procede à limpeza de mais 7,500 metros entre a Achada do Vigário e o Miradouro do Cabeço das Voltas.

Este trabalho, explicou a governante insere-se na estratégia do executivo que visa prevenir os incêndios florestais.

“Esta intervenção tem o objetivo de proteger as pessoas e bens com a melhoria das condições de vigilância e combate a incêndios”, clarificou Susana Prada.

A limpeza que está a ser efetuada entre a Achada do Vigário e o Miradouro do Cabeço das Voltas inclui a remoção de espécies invasoras altamente combustíveis, a compartimentação do espaço florestal, a criação de aceiros, e a melhoria nos acessos das viaturas de vigilância e combate a incêndios e da Torre de Vigilância do Cabeço das Voltas.

Recomendadas

O que fazer quando um crédito “desaparece” da Central de Responsabilidades

No caso de o crédito “desaparecer” da CRC não significa que a dívida deixou de existir, sendo que o consumidor mantém a sua responsabilidade perante a obrigação. Esta situação poderá ocorrer aquando da cessão de crédito (venda da dívida a terceiros), a favor de uma entidade fora do sistema financeiro, pelo que esta passa a assumir a posição de credor.

PSD quer zona franca e registo de navios incluídos em estratégia atlântica

O deputado do PSD, Paulo Neves, afirmou que o Centro Internacional de Negócios (CINM) e o Registo de Navios (MAR) são de enorme importância para o país, e por isso deveriam ser prioritários para o Governo da República.

Cafôfo defende criação de rede para apoiar crianças que saem das instituições

Paulo Cafôfo considera necessário criar redes com equipas multidisciplinares, que façam a reabilitação da família e que deem o suporte que os jovens necessitam.
Comentários