Limpeza de caminhos florestais já chegou aos 150 km na Madeira

A mais recente intervenção decorre no caminho florestal entre a Achada do Vigário e o Miradouro do Cabeço das Voltas.

A limpeza de terrenos florestais, efetuada pelo Governo Regional, atinge sensivelmente os 150 km por ano, anunciou Susana Prada, secretária regional do Ambiente e Recursos Naturais. Atualmente o executivo procede à limpeza de mais 7,500 metros entre a Achada do Vigário e o Miradouro do Cabeço das Voltas.

Este trabalho, explicou a governante insere-se na estratégia do executivo que visa prevenir os incêndios florestais.

“Esta intervenção tem o objetivo de proteger as pessoas e bens com a melhoria das condições de vigilância e combate a incêndios”, clarificou Susana Prada.

A limpeza que está a ser efetuada entre a Achada do Vigário e o Miradouro do Cabeço das Voltas inclui a remoção de espécies invasoras altamente combustíveis, a compartimentação do espaço florestal, a criação de aceiros, e a melhoria nos acessos das viaturas de vigilância e combate a incêndios e da Torre de Vigilância do Cabeço das Voltas.

Recomendadas

Uaucacau planeia chegar a Lisboa ou Porto até final do ano

A empresa produz chocolates artesanais, com sabores típicos da Madeira, que são obtidos através de produtores regionais.

Estado quer canalizar receita dos impostos do tabaco e das bebidas açucaradas das regiões autónomas para o SNS

A proposta de OE2019 prevê uma alteração ao atual artigo do Código dos Impostos Especiais de Consumo no que se refere ao Artigo 105.º (Taxas nas Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira), aumentando o imposto sobre o tabaco produzido nestas regiões. As receitas serão canalizadas para o SNS. Assim como as das bebidas açucaradas.

‘Bioplatform’: plataforma de agricultura biológica quer chegar ao mercado ibérico

O Bioplatform é uma plataforma comercial quer quer servir como pólo agregador na área da agricultura biológica.
Comentários