Lucro do espanhol Bankinter sobe 8,4% no primeiro semestre para 261 milhões

O banco espanhol Bankinter teve um lucro de 261 milhões de euros no primeiro semestre de 2018, um aumento de 8,4% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo informação enviada hoje ao mercado.

No relatório de atividade enviado à Comissão Nacional do Mercado de Valores (CNMV) espanhola, o Bankinter sublinha que de janeiro a junho teve um rácio de rentabilidade sobre o capital investido (ROE) de 13% enquanto a solvência do banco medida através do rácio de capital CET1 fully loaded foi de 11,55%, superior às exigências dos reguladores do mercado.

O banco também realça que teve um crescimento em todas as suas linhas de negócio durante esse período, com o total dos investimentos em créditos a clientes a alcançar os 54.666 milhões de euros, um aumento de 5%.

Por outro lado, os depósitos dos clientes também cresceram 7,1%, para 49.870,1 milhões de euros, enquanto a taxa de crédito malparado caiu para 3,25% (3,74% há um ano).

O banco espanhol revela que a operação que tem em Portugal constitui 7% da sua margem bruta total, o que significa um semestre “muito positivo”, com crescimento em todos os indicadores e em todas as suas áreas de negócio.

O investimento em crédito aos clientes no Bankinter Portugal alcançou os 5.200 milhões de euros em 30 de junho, o que significa mais 12% do que no ano passado, com uma intensidade particular no segmento de empresas.

“Os resultados antes de impostos do Bankinter Portugal cresceram 66% em comparação com o mesmo período de 2017, com um forte crescimento da carteira de crédito”, de acordo com nota da instituição.

Os depósitos dos clientes em Portugal cresceram 4%, para 4.200 milhões de euros, com destaque para o crescimento dos recursos geridos fora do balanço do banco.

O banco espanhol conclui que, a dinâmica de crescimento no país vizinho reflete o compromisso decisivo da entidade bancária para continuar a apoiar os projetos das famílias e empresas em Portugal e contribuir assim para o desenvolvimento económico nesse país.

Ler mais

Recomendadas

Banco Santander lidera Índice de Igualdade de Género da Bloomberg 2020

Para a elaboração do índice foram avaliadas 6.000 empresas de 84 países, tendo-se incluído no final 322 empresas.

BCP integra Bloomberg Gender-Equality Index pela primeira vez

A par da valorização das competências genéricas e específicas, “o Millennium bcp identifica de forma justa, e exclusivamente com base no mérito, os colaboradores com potencial e talento para virem a assumir funções de responsabilidade e complexidade acrescidas”, diz o banco.

Procura de crédito aumentou no quarto trimestre, diz Banco de Portugal

No 4º trimestre de 2019, a oferta de crédito concedido a empresas e a particulares permaneceu praticamente inalterada face ao trimestre anterior e as instituições participantes não antecipam alterações de relevo para o 1º trimestre de 2020.
Comentários