Presidente de Cabo Verde dá ‘luz verde’ a acordo de cooperação militar com a Rússia

A cooperação técnica no domínio militar entre Cabo Verde e a Federação Russa será desenvolvida nas áreas do fornecimento de armamento, material bélico e outro equipamento especial, entre outros.

O Presidente da República de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, ratificou o acordo de cooperação técnica no domínio militar entre Cabo Verde e a Federação Russa, informou o chefe de Estado na sua página do Facebook.

O acordo, conforme tinha explicado o ministro dos Negócios Estrangeiros cabo-verdiano, Luís Filipe Tavares, aquando da sua aprovação, em julho de 2017, no Parlamento, foi assinado entre os dois países a 17 de Novembro de 2000 e pretende “reforçar e desenvolver” as relações de amizade e cooperação militar entre a República de Cabo Verde e a Federação Russa.

Com este acordo, adiantou Luís Filipe Tavares, os dois países aspiram a uma “cooperação duradoura” baseada no “respeito mútuo, na salvaguarda do interesse de cada uma das partes e numa coexistência pacífica”.

A cooperação técnica no domínio militar entre Cabo Verde e a Federação Russa será desenvolvida nas áreas do fornecimento de armamento, material bélico e outro equipamento especial, assistência à utilização, reparação e modernização do armamento, fornecimento de peças sobressalentes, além do fornecimento de outros serviços de carácter técnico no domínio militar.

Jorge Carlos Fonseca informou ainda, na mesma publicação, que promulgou também o decreto-regulamentar que estabelece a organização, as competências e as normas de funcionamento das delegações de Educação.

Recomendadas

Portuguesa Transinsular promete ligações regulares entre ilhas de Cabo Verde e foco no passageiro: “Carga passa a secundária”

Em entrevista ao Económico Cabo Verde, Joaquim Figueiredo, ‘chairman’ da empresa, revela que mantém “um diálogo muito positivo com os armadores cabo-verdianos. A nova sociedade que gere a concessão do serviço público de transporte marítimo de passageiros e carga inter-ilhas chama-se CV Interilhas e é liderada pela Transinsular.

Cabo Verde Airlines voa para Nigéria a partir de dezembro

A companhia área cabo-verdiana, Cabo Verde Airlines, vai começar a operar para a cidade nigeriana de Lagos.

Binter muda de nome para Transportes Interilhas de Cabo Verde

A Binter Cabo Verde, transportadora aérea que até a semana passada era a única a fazer as ligações inter-ilhas no arquipélago, mudou o nome para Transportes Interilhas de Cabo Verde, conforme publicação no Boletim Oficial.
Comentários