Presidente de Cabo Verde dá ‘luz verde’ a acordo de cooperação militar com a Rússia

A cooperação técnica no domínio militar entre Cabo Verde e a Federação Russa será desenvolvida nas áreas do fornecimento de armamento, material bélico e outro equipamento especial, entre outros.

O Presidente da República de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, ratificou o acordo de cooperação técnica no domínio militar entre Cabo Verde e a Federação Russa, informou o chefe de Estado na sua página do Facebook.

O acordo, conforme tinha explicado o ministro dos Negócios Estrangeiros cabo-verdiano, Luís Filipe Tavares, aquando da sua aprovação, em julho de 2017, no Parlamento, foi assinado entre os dois países a 17 de Novembro de 2000 e pretende “reforçar e desenvolver” as relações de amizade e cooperação militar entre a República de Cabo Verde e a Federação Russa.

Com este acordo, adiantou Luís Filipe Tavares, os dois países aspiram a uma “cooperação duradoura” baseada no “respeito mútuo, na salvaguarda do interesse de cada uma das partes e numa coexistência pacífica”.

A cooperação técnica no domínio militar entre Cabo Verde e a Federação Russa será desenvolvida nas áreas do fornecimento de armamento, material bélico e outro equipamento especial, assistência à utilização, reparação e modernização do armamento, fornecimento de peças sobressalentes, além do fornecimento de outros serviços de carácter técnico no domínio militar.

Jorge Carlos Fonseca informou ainda, na mesma publicação, que promulgou também o decreto-regulamentar que estabelece a organização, as competências e as normas de funcionamento das delegações de Educação.

Recomendadas

Sérvulo estabelece parceria com sociedade de advogados em Cabo Verde

A MJN Advogados, de Maria João de Novais, é o novo escritório parceiro da Sérvulo & Associados.

“Em Lisboa emitimos mais de 15 mil passaportes nos últimos dois anos”, diz governo cabo-verdiano

O ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades e da Defesa de Cabo Verde anunciou esta quinta-feira que os consulados e embaixadas de Cabo Verde já emitiram 35 mil passaportes, entre 2017 e 2018.

Banco Europeu de Investimento tem oportunidades de estágio para cabo-verdianos

A instituição bancária europeia tem um programa com oito estágios profissionais para oferecer estudantes universitários e/ou ou recém-licenciados dos países membros da associação ACP.
Comentários