Segurança Social atrasa-se nove meses a atribuir novas pensões

Federação de Sindicatos da Administração Pública e de Entidades com Fins Públicos revela que existem cerca de 3.500 reclamações para os serviços centrais da Segurança Social para resolver, a maioria das quais há mais de um ano.

Cristina Bernardo

A atribuição de novas pensões pela Segurança Social já regista em alguns casos nove meses de atraso, revela esta terça-feira, 18 de setembro, o “Correio da Manhã” (CM).

A Federação de Sindicatos da Administração Pública e de Entidades com Fins Públicos (FESAP) atribuem os problemas à falta de pessoal, segundo o diário generalista.

O sindicato aponta também para cerca de 3.500 reclamações relativas a pensões, abonos de família e subsídio de funeral, para os serviços centrais da Segurança Social para resolver, a maioria das quais há mais de um ano.

De acordo com José Abraão, líder da FESAP, “a contratação de 100 trabalhadores precários em regime de outsourcing não resolve o problema, porque estes temas exigem conhecimento técnico”.

Sobre estas contratações precárias para o Instituto da Segurança Social, o ministro do Trabalho, José António Vieira da Silva, afirma tratar-se de uma situação “excecional” já que está a decorrer ainda o recrutamento de 200 trabalhadores para este organismo.

Recomendadas

Montalegre faz sessões de esclarecimento de combate à vespa velutina

A Câmara de Montalegre, através do Gabinete Técnico Florestal (GTF), promove três sessões de esclarecimento que visam combater a denominada Vespa Velutina, mais conhecida por “vespa asiática”. As sessões estão abertas a toda a comunidade. As acções, coordenadas pelo técnico José Luís Tavares, decorrem em Fafião (26 de Agosto, no Ecomuseu de Barroso – Vezeira […]

Vieira da Silva aguarda com tranquilidade pedidos de fiscalização da lei laboral

O ministro do Trabalho e da Segurança Social afirmou esta quarta-feira que vai aguardar com tranquilidade os eventuais pedidos de fiscalização da constitucionalidade das alterações à lei laboral, nomeadamente do alargamento do período experimental de 90 para 180 dias. O diploma que altera o Código do Trabalho foi promulgado na segunda-feira pelo Presidente da República […]

Ministério da Agricultura lança plano de recuperação florestal para Mação, Sertã e Vila de Rei

O Governo criou já o Grupo de Trabalho que vai elaborar o Plano Integrado de Transformação Territorial para os concelhos de Mação, Sertã e Vila de Rei, recentemente afectadas por grandes incêndios. O objectivo deste plano é recuperar a área ardida e activar a gestão agroflorestal. Trata-se de uma iniciativa conjunta dos Gabinetes dos Ministros […]
Comentários