AEP e comitiva portuguesa na Feira de Construção Civil na Arábia Saudita

Esta é a 11ª vez consecutiva que a AEP organiza a participação coletiva de empresas portuguesas na Saudi Build, sendo que a primeira participação foi em 2008.

SaudiBuild

A AEP (Associação Empresarial de Portugal), e uma comitiva composta por oito empresas nacionais, vai participar na feira Saudi Build & Stone Tech, que decorre na capital, em Riade, entre os dias 22 e 25 de outubro. Uma feira cujo foco principal é a partilha e apresentação de ideias e projetos de empresas na área da construção civil.

Em comunicado, a associação lembra que a Arábia Saudita tem em curso centenas de projetos (estradas, residências, hospitais, escolas, rede de fornecimento de água e eletricidade), que envolvem mil milhões de dólares e abrangem vários setores de atividade. As empresas que integram nesta comitiva, têm atividade nos vários setores, tanto em design de interiores, como estruturas e construções metálicas, até ferramentas mecânicas.

Esta é a 11ª vez consecutiva que a AEP organiza a participação coletiva de empresas portuguesas na Saudi Build, sendo que a primeira participação foi em 2008. Em 2011, a AEP também foi a responsável pela participação na feira Saudi MediCare, dedicada ao setor da Saúde.

Entre 2011 e 2015, o crescimento médio anual das exportações portuguesas para a Arábia Saudita atingiu os 11,4%. Em 2016, as exportações fixaram-se nos 151 milhões de euros e, segundo dados do INE, o número de exportadoras passou de 249, em 2010, para 508, em 2016.

Recomendadas

Governo avança com lei que permite aos bancos contabilizar como custo fiscal as novas imparidades

“A presente alteração visa sanar a divergência entre os sistemas contabilísticos e fiscais no que respeita ao tratamento de perdas por imparidades associadas a operações de crédito. Prevêem-se ainda regras disciplinadoras para as perdas por imparidade registadas nos períodos de tributação com início anterior a 1 de janeiro de 2019, e ainda não aceites fiscalmente”, diz o último comunicado do Conselho de Ministros

BPI vence Prémio Cinco Estrelas na categoria de Banca Digital

O BPI é líder na penetração do homebanking, com quase metade dos seus clientes particulares a serem utilizadores deste canal. O mesmo acontece no caso dos clientes empresariais, em que 84,5% usam os canais digitais do Banco. Isto segundo o estudo BASEF Banca relativo ao período de fevereiro a agosto de 2018.

Fever vai investir cinco milhões em co-organização de eventos em Portugal

A ronda de financiamento contou também com a participação dos já investidores Accel Partners e 14W Ventures, além da Portugal Ventures e da Caixa Capital.
Comentários