Altice avança com infraestruturação de fibra ótica no Maciço Central da Serra da Estrela

Este projeto, considerado inédito no nosso país, pretende ligar seis concelhos da região, designadamente, Seia, Manteigas, Fundão, Covilhã, Gouveia e Oliveira do Hospital, garantindo o acesso destas populações a tecnologia de última geração.

A Altice Portugal arranca hoje, domingo, com o seu mais recente investimento na infraestruturação de fibra ótica de última geração do Maciço Central da Serra da Estrela.

Segundo a operadora, com este projeto, considerado inédito no nosso país, pretende ligar seis concelhos da região, designadamente, Seia, Manteigas, Fundão, Covilhã, Gouveia e Oliveira do Hospital, garantindo o acesso destas populações a tecnologia de última geração, algo que nunca aconteceu em várias décadas.

Os autarcas dos seis concelhos que vão beneficiar desta infraestruturação marcam presença no Centro de Interpretação da Serra da Estrela, na cerimónia que marca o início do ‘deployment’ de fibra ótica de última geração. Entre os convidados estão o Vice-Presidente da Associação Nacional dos Municípios Portugueses, o representante da Associação Nacional de Freguesias, a Presidente da CCDR do Centro, Presidentes de Junta e Uniões de Freguesia, deputados municipais, empresários e associações empresariais da região, representantes da sociedade civil e do Turismo do Centro.

 

Recomendadas

Turismo do Algarve opõe-se a taxa turística aprovada por municípios

O presidente da Região de Turismo do Algarve (RTA), João Fernandes, contestou hoje a aplicação de uma taxa turística na região, cuja introdução foi decidida pela Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL) e anunciada ontem.

União Europeia aumenta pressão sobre a Suíça para concluir um novo acordo

“As negociações não podem tornar-se uma história sem fim”, referiu o comissário europeu Johannes Hahn, que ameaça interromper o comércio transfronteiriço de ações até ao final do ano, se não houver acordo.

Não acordo no Brexit terá um impacto “relativamente pequeno” no mercado de trabalho alemão

Cerca de 41.000 britânicos estavam empregados na Alemanha em dezembro de 2017, um número que é “insignificante para o mercado de trabalho em geral”, revelou o governo de Angela Merkel ao “Der Spiegel”, em resposta ao partido de extrema-esquerda.
Comentários