Avaria na NOS afeta milhares de clientes

A avaria está a afetar vários serviços da operadora. A NOS ainda não sabe quando é que a situação será resolvida.

Uma avaria na NOS está a afectar milhares de clientes no país. Desde as 16 horas deste domingo, o site Downdetector tem registado milhares de queixas de clientes de norte a sul do país.

A empresa já respondeu a algumas queixas, reconhecendo que há um problema: “Está em resolução a dificuldade que descreve, pedimos desculpa pelo inconveniente. Está a ser tratada com o máximo de urgência”.

O serviço ao cliente da operadora refere que em causa está uma avaria, que está a afectar os serviços de telemóvel, dados móveis e rede fixa., no entanto, não foi estabelecido o tempo que levará a reparar este problema.

Entretanto,  fonte oficial da empresa, indicou à TSF, que houve “um problema na rede 4G com impacto em alguns serviços, nomeadamente intermitência nos serviços de voz e em dados”. A mesma fonte adiantou que o problema deverá estar resolvido “em breve”.

Recomendadas

A organização orientada ao cliente

Para ser orientada ao cliente, uma empresa não precisa de criar novas competências técnicas, apenas de se reorganizar para criar vantagens competitivas sustentáveis face à concorrência.

PremiumTomás Correia impugna condenação do Banco de Portugal

O atual presidente da Associação Mutualista Montepio Geral entregou no fim de maio no Tribunal de Santarém a ação de impugnação do processo de contraordenação que aplicou uma multa de 1,25 milhões. O Jornal Económico sabe a juíza aceitou a ação de impugnação e, “ao contrário do Ministério Público vai chamar testemunhas”, diz fonte conhecedora do processo.

Lista secreta de devedores da banca deverá ser hoje divulgada de forma agregada, sem nomes e créditos individuais

Só deverão ser divulgados dados agregados, não individualizando devedores e respectivas operações dos sete bancos que receberam ajudas públicas nos últimos 12 anos. Valor total de créditos concedidos e valor agregado de perdas deverão ser hoje conhecidos.
Comentários