CCA integra nova sócia em Fiscal

A advogada Tânia de Almeida Ferreira, ex-consel da Cuatrecasas, passa a ser a coordenadora do departamento de Fiscal do escritório.

A sociedade de advogados CCA tem agora 12 sócios, depois de integrar Tânia de Almeida Ferreira na equipa. A ex-consel da Cuatrecasas chegou a este escritório para reforçar e coordenar o departamento de Fiscal. Antes de exercer funções como consultora na Cuatrecasas, onde entrou em novembro de 2011, Tânia de Almeida Ferreira esteve quase 10 anos na Linklaters, também em Lisboa.

“A fiscalidade é uma área que tradicionalmente sobrevive a tempos de crise e que em épocas de crescimento económico é precisa. Uma boa assessoria fiscal permite poupanças, o que até faz com que seja mais fácil os clientes aceitarem melhor os honorários, e a ausência de um aconselhamento jurídico fiscal adequado pode trazer problemas às empresas”, disse Tânia de Almeida Ferreira ao Jornal Económico.

A contratação desta advogada, com cerca de 20 anos de experiência profissional, é fruto de um investimento no crescimento estratégico da firma. Domingos Cruz, managing partner da CCA, defende que o convite que lhe foi feito se deveu essencialmente a três valências: “qualidade, experiência e expertise”. “O departamento de fiscal, que conta atualmente com cinco pessoas, é uma área decisiva do escritório, cada vez mais solicitada por parte dos nossos clientes”, afirma o número um da CCA. Segundo Domingos Cruz, o objetivo da CCA passa por “construir um escritório de referência, reconhecido no mercado, com capacidade para dar uma resposta de excelência” aos clientes, inclusive na área da fiscalidade.

Licenciada em Direito e mestranda em Direito Fiscal pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, conta também com duas pós-graduações: em Fiscalidade pelo Instituto Superior de Gestão e em Contabilidade e Finanças pela Universidade Católica Portuguesa. Além disso, ingressou no curso “Principles of International & Comparative Taxation” no International Bureau of Fiscal Documentation.

No âmbito do Direito Fiscal, Tânia de Almeida Ferreira tem assessorado juridicamente investidores nacionais e internacionais a definir estratégias de investimento – investimento, detenção e desinvestimento, recorrendo quer a estruturas reguladas, quer a não reguladas –,fusões e aquisições, reorganizações societárias e reestruturações. “Conto ficar na CCA ainda mais anos. Fui muito feliz nas sociedades pelas quais passei, contribuíram para o meu percurso profissional, mas estou feliz por abraçar este desafio e ajudar a crescer esta área de prática”, refere a sócia.

Recomendadas

Portugal soma mais de 8,4 mil milhões em fusões e aquisições de empresas até novembro

As operações de M&A aumentaram nos primeiros 11 meses do ano, em termos homólogos, mas as compras no setor Imobiliário nacional tiveram uma retração de 2%, segundo o Transactional Track Record.

António Andrade é o novo sócio da Abreu Advogados

O novo sócio da Abreu, que transita da VdA, vai reforçar a aposta do escritório em Propriedade Intelectual com especial enfoque na área da ciência farmacêutica e de biotecnologia.

Consultora alemã Mirow & Co está a recrutar em Portugal

“Somos uma alternativa bem-vinda à própria McKinsey e BCG”, garante o empresário alemão Andreas Mirow, sócio e fundador da empresa, em entrevista ao Jornal Económico.
Comentários