Comissão Europeia dá 5,7 milhões de euros a três projetos de inovação portugueses

A Comissão Europeia vai apoiar com 5,7 milhões de euros três projetos de inovação portugueses nas áreas das novas tecnologias e inteligência artificial, anunciou hoje numa nota informativa.

Os projetos das empresas portuguesas RTP, Sakthi Portugal e VisionWare fazem parte de um lote de 14 europeus, aos quais a Comissão Europeia vai atribuir um total de 34 milhões de euros, financiados pelo programa de incentivo à inovação Horizonte 2020.

Todas as propostas europeias envolvem a participação de vários parceiros, incluindo pequenas e médias empresas, indústria, universidades e organizações sem fins lucrativos, e o seu financiamento visa estimular a produção e comercialização de produtos e serviços inovadores.

Pela RTP, o projeto “Enhanceplayer”, financiado em 2,4 milhões de euros, consiste numa “ferramenta de inteligência artificial que melhora a qualidade do vídeo e limita o tráfego de internet vinculado ao ‘streaming’ [tecnologia que envia informações multimédia através da transferência de dados] de vídeo”.

Coordenado pela VisionWare, o projeto “Scene” (2,2 milhões de euros) é uma plataforma móvel destinada a “aplicativos de cidades inteligentes na área da segurança”.

Um terceiro projeto, o “DigiMat”, da Sakthi Portugal, propõe-se desenvolver “soluções inteligentes para materiais digitais na indústria automóvel” e será subsidiado com 1,1 milhões de euros.

A Comissão Europeia financia até três milhões de euros por projeto inovador.

Ler mais
Relacionadas

Portugal tornou-se o segundo país que recebeu mais fundos de Bruxelas

“Até ao final de junho de 2018 foram transferidos 5.711 milhões de euros para Portugal pela Comissão Europeia (CE). Este valor equivale a 21,9% do valor programado no Portugal 2020 e mantém-se acima da média da UE”, lê-se no último Boletim Informativo de Fundos da União Europeia.

Maioria das câmaras portuguesas apoia empreendedorismo

As ‘startups’ reconhecem o papel dos municípios, em especial na disponibilização de espaços físicos e na realização de eventos, revela o “Everis startup map”, da consultora Everis.
Recomendadas

ANACOM celebra 30º aniversário com mudança de imagem do site

A ANACOM vai também levar a cabo outras iniciativas, designadamente, a organização de um concurso de fotografia de âmbito nacional e a abertura ao público do acervo documental da ANACOM.

Venda da Cimpor: como se desfez o ‘império’ cimenteiro em Portugal

A Cimpor chegou a operar em quatro continentes e em 12 países. A empresa extingue-se, mas permanece a marca. E fica a promessa dos turcos em “fazer da Cimpor novamente uma grande empresa”.

Matos Fernandes: “Grande aposta na energia elétrica em Portugal é no solar”

Na conferência foi referido que em 2030 a meta de contribuição da totalidade das fontes de energia renováveis é de 37% na Europa, enquanto para Portugal o objetivo é alcançar 47%.
Comentários