Cristiano Ronaldo a descer e Nuno Mendes a subir. Seleção portuguesa valoriza 43 milhões de euros

Cristiano Ronaldo e Rúben Neves foram os jogadores da Seleção que mais desvalorizaram, de acordo com a última avaliação do Transfermarkt. Em sentido contrário, Nuno Mendes, Gonçalo Guedes e Pedro Gonçalves viram o seu valor de mercado aumentar substancialmente.

Nuno Mendes (25 milhões de euros)

A Seleção portuguesa sofreu uma valorização de 43 milhões de euros em apenas três meses e de acordo com a revisão do site “Transfermarkt”, efetuada a 1 de junho, o plantel escolhido por Fernando Santos está agora avaliado em 872,5 milhões de euros.

Dos 26 jogadores que o selecionador vai levar para defender o título europeu conquistado em 2016, apenas dez futebolistas viram inalterado o seu valor de mercado, cinco atletas viram esse dado revisto em baixa e nove jogadores têm agora um valor de mercado superior ao que ostentavam em março deste ano.

Dos jogadores que mais desvalorizaram destaque para Cristiano Ronaldo. O craque português que milita na Juventus, e que foi uma das figuras de destaque da “Vechia Signora” apesar de ter passado ao lado dos títulos principais, viu o seu valor de mercado descer de 50 para 45 milhões de euros. Rúben Neves, médio do Wolverhampton que entrou nesta convocatória avaliado em 50 milhões, também sofreu uma perda de 5 milhões de euros. Danilo Pereira (menos 4 milhões), Nelson Semedo (menos 4 milhões) e Anthony Lopes (menos 2 milhões) foram os outros jogadores com uma perda de valor de mercado.

Nas valorizações, Nuno Mendes, defesa-esquerdo do Sporting CP, é também campeão: estava avaliado em 25 milhões de euros e sofreu agora uma revisão em alta para 40 milhões de euros. Gonçalo Guedes, avançado do Valência, também conseguiu uma reavaliação muito positiva na ordem dos 10 milhões: valia 15 milhões e tem agora o seu valor de mercado nos 25 milhões de euros. Destaque ainda para o ‘leão’ Pedro Gonçalves já que o melhor marcador do campeonato viu a sua prestação ser recompensada por uma valorização de 7 milhões de euros. Raphael Guerreiro (mais 5 milhões), Rúben Dias (mais 5 milhões), Diogo Jota (mais 5 milhões), João Cancelo (mais 5 milhões), Renato Sanches (mais 2 milhões), André Silva (mais 3 milhões), Sérgio Oliveira (mais 3 milhões) e João Palhinha (mais 3 milhões) também valorizaram desde a última avaliação.

Recomendadas

Votos físicos das últimas eleições do Benfica contados este mês, diz presidente da MAG

O presidente da Mesa da Assembleia-Geral do Benfica informou hoje que os votos físicos das últimas eleições do clube serão contados este mês e que a marcação da reunião extraordinária está dependente de autorização das autoridades de saúde.

Tóquio 2020: Os lucros de ouro dos atletas mais bem pagos presentes na competição

Jogadores da NBA dominam a lista, onde cabe também tenistas e um golfista. Receitas anuais atingem perto dos 300 milhões de euros.

Jogos Olímpicos: o que se pode esperar de Portugal no atletismo

As maiores esperanças da comitiva estão depositadas em Patrícia Mamona (triplo salto), Pedro Pablo Pichardo (triplo salto), e Auriol Dogmo (lançamento do peso). A assinalar também Liliana Cá (lançamento do disco) que tem marca no top 10 mundial.
Comentários