Eletricidade e gás natural batem máximos com vaga de frio em Portugal

Na eletricidade foi batido um recorde já com 11 anos. Também a exportação de gás para Espanha atingiu um novo máximo este mês.

O consumo de eletricidade e de gás natural têm vindo a bater máximos históricos sucessivos devido à vaga de frio que se tem feito sentir em Portugal durante o mês de janeiro.

“A onda de frio que se abateu em Portugal desde o início do ano levou os consumos de gás natural e eletricidade em Portugal a superar máximos históricos consecutivos tanto a nível de pico como de consumo diário”, segundo os dados divulgados hoje pela Redes Energéticas Nacionais (REN).

Na eletricidade, o consumo máximo diário foi atingido no dia 13 de janeiro com 185,1 gigawatts hora, superando um máximo com 11 anos, de 11 de janeiro de 2010, de acordo com a REN.

Já o maior pico de consumo de sempre foi atingido no dia 12 de janeiro às 19h30, atingindo os 9.887 megawatts, superando o anterior pico, registado também em 2010.

No gás natural, o consumo diário mais elevado de sempre foi atingido no dia 5 de janeiro, com 299,1 gigawatts hora, batendo o anterior máximo ocorrido a 5 de dezembro de 2017.

Também no dia 5 de janeiro, foi batido o pico de consumo mais elevado de sempre com 14.874 megawatts, superando o máximo anterior de há um ano, a 7 de janeiro de 2020.

Também no gás natural foram atingidos dois novos máximos históricos este mês: no dia 5, na máxima emissão diária do terminal de GNL de Sines para a rede de transporte; no dia 8, na exportação para Espanha através da interligação de Campo Maior.

Ler mais
Recomendadas
catarina_martins_oe_2020

Covid-19: Catarina Martins faz um apelo a Costa para que estenda já as moratórias

“Deixo aqui hoje este apelo a António Costa: não espere que seja tarde demais, não espere pelo início dos despejos e das falências. As moratórias têm de ser estendidas já”, num comício maioritariamente virtual que assinalou o encerramento da conferência autárquica online e os 22 anos do BE, que comemora no domingo a sua fundação.

TAP. Ratificação dos acordos com pilotos e tripulantes era “passo crucial”, diz o Governo

“Porque estes acordos representam um compromisso muito firme de todos com o futuro da companhia, dão ainda mais credibilidade ao plano de reestruturação que o Estado português continuará a negociar com a Comissão Europeia ao longo das próximas semanas”, sublinhou o Ministério das Infraestruras e da Habitação.

Serviços postais caem 12,4% mas tráfego de encomendas dispara 20% em 2020

Tráfego total dos serviços postais caiu 12,4% em 2020, uma quebra que “está associada aos efeitos da pandemia da Covid-19” e que foi “mais expressiva” do que o recuo verificado em 2019 (-6,7%). A pandemia terá tido “um impacto direto, negativo, de 9,8% no tráfego postal total”.
Comentários