Governo apresenta hoje medidas de contingência para o Brexit

Ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, e o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, apresentam esta tarde um conjunto de medidas de preparação e de contingência dirigidas aos cidadãos, para o Brexit.

António Cotrim / Lusa

O Governo apresenta esta sexta-feira um pacote de medidas de preparação e de contingência de preparação dirigida a cidadãos portugueses para a saída do Reino Unido da União Europeia.

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, e o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, apresentam esta tarde, em conferência de imprensa, um conjunto de medidas de preparação e de contingência dirigidas aos cidadãos, para o Brexit.

Em entrevista à agência Lusa, em dezembro, Augusto Santos Silva garantiu que Portugal está preparado “para o cenário de não acordo, mas não a 100% porque nunca podemos estar preparados a 100%”. O  ministro admitiu que um hard Brexit “trará sempre dificuldades, sempre muitos problemas complexos à economia e à circulação de pessoas”, mas que “não havendo acordo, haverá sempre efeitos negativos, mas podemos mitigá-los”.

“Nós estamos muito preocupados, quer o Presidente da República, quer o primeiro-ministro”, e “não me canso de dizer que o ‘Brexit’ sem acordo terá efeitos muitíssimo negativos para o conjunto da UE”, mas “sobretudo para o Reino Unido”, pelo que “devemos evitar a todo o custo um cenário de saída não negociada”, referiu.

Na próxima terça-feira, o parlamento britânico vota o acordo que a primeira-ministra britânica, Theresa May, negociou com Bruxelas. Caso os deputados britânicos chumbem o acordo, o governo britânico terá de apresentar um novo plano entre o final da próxima semana e a segunda-feira seguinte, a 21 de janeiro.

Relacionadas

Brexit: Parlamento aperta cerco a Theresa May para apresentar plano B

A primeira-ministra britânica tem três dias para apresentar um plano alternativo para o Brexit, caso perca a votação de dia 15 de janeiro. O Governo de May perdeu o controlo do calendário do processo, após perder apoio entre os conservadores. O líder trabalhista acusou a primeira-ministra britânica de imprudência.

Empresários portugueses otimistas com exportações mas temem o Brexit

Empresas perspetivam aumento nominal de 4,3% nas exportações de bens em 2019, revelou o Instituto Nacional de Estatística. A perspetiva das empresas revela uma desaceleração face à previsão de 2018.
Recomendadas

Brexit: Sucesso de petição online para travar saída bloqueou site do parlamento britânico

Uma petição ‘online’ para que o governo britânico renuncie à saída da União Europeia (‘Brexit’) teve tanto sucesso que bloqueou hoje o ‘site’ do parlamento britânico destinado às petições.

Tusk condiciona May: “curta extensão” só com aprovação do Acordo de Saída

“À luz das consultas que conduzi nos últimos dias, acredito que uma curta extensão [do Artigo 50.º] será possível, mas será condicionada por uma votação positiva do Acordo de Saída na Câmara dos Comuns. A questão da duração permanece aberta”, declarou Donald Tusk.

Brexit: Theresa May vai pedir apenas adiamento curto da data de saída até junho

A primeira-ministra britânica, Theresa May, vai pedir um adiamento curto da data de saída do Reino Unido da União Europeia (UE) até ao final de junho, noticiou esta quarta-feira a “BBC”.
Comentários