Tem uma password partilhada da Netflix? Temos más notícias para si

Esta nova tecnologia, apresentada na CES 2019 – Consumer Electronics Show, em Las Vegas, poderá resultar num incremento de lucros de mais mil milhões de dólares nos cofres da Netflix e de outros serviços de streaming.

Se partilha a password da Netflix com outras pessoas, saiba que esse benefício tem os dias contados e estas poderão ser más notícias para todos aqueles que beneficiam deste serviço de ‘streaming’ sem exercer o pagamento de qualquer valor.

Durante a feira tecnológica, CES 2019 – Consumer Electronics Show, a decorrer em Las Vegas, a empresa Synamedia revelou que está a desenvolver uma nova tecnologia que pode acabar com a partilha ilegal de contas.

De acordo com o ”The Daily Mail”, o sistema é controlado por uma inteligência artificial que faz o tracking e analisa quais, quando, onde e quantos utilizadores estão com a sessão iniciada na mesma conta em lugares diferentes.

Uma pesquisa efetuada pela própria empresa revelou que cerca de 26% dos assinantes da Netflix  partilham as suas senhas ilegalmente, criando perdas potenciais de revenue para o serviço de streaming.

Assim, esta nova tecnologia poderá resultar num incremento de lucros de mais mil milhões de dólares nos cofres da Netflix e de outros serviços de streaming.

É importante salientar que a Netflix permite a partilha de uma só conta com o máximo de cinco pessoas, o que não representa qualquer ilegalidade. O problema é que muitos ignoram este limite e partilham com ainda mais gente.

Ler mais
Recomendadas

A sonhar com as férias: Qual é o melhor dia para viajar? E qual o melhor dia para marcar viagem?

São muitos dias da semana para decorar, mas este estudo garante sucesso quando se trata de manter dinheiro na carteira.

Já não é preciso cartão bancário para utilizar o Multibanco

Porém, precisa de ter a aplicação “MB Way”. “Como o próprio nome indica, a funcionalidade «Utilizar Multibanco» permite usar a maioria das operações dos caixas automáticas apenas com a ‘app’, sem ter de usar o cartão, que, assim, pode ficar em casa”, diz a SIBS. A empresa financeira, que gere esta rede, está a dizer adeus às carteiras, e até já enviou lenços para a despedida.

Reclamações por fraude bancária disparam

O número de queixas já levou a que o Banco de Portugal emitisse um “alerta público”. A Procuradoria-Geral da República confirmou ao “Público” a “recepção das cerca de duas dezenas de participações” feitas pelo regulador.
Comentários