Wall Street fecha mista após bons resultados de emprego

A sessão foi marcada pela divulgação dos novos dados de desemprego, que vieram impedir maiores perdas no mercado bolsista norte-americano.

A bolsa de Nova Iorque terminou sessão esta quinta-feira, dia 9 de agosto, sem tendência definida. A sessão foi marcada pela divulgação dos novos dados de desemprego, que vieram impedir maiores perdas no mercado bolsista norte-americano.

O índice industrial Dow Jones, referência para o mercado norte-americano e mundial, perdeu 0,29%, para 25.509,23 pontos e o financeiro S&P 500 desvalorizou 0,13%, para 2.854,10 pontos. A contrabalançar as perdas, o Nasdaq somou ligeiramente 0,04%, para 7.891,78 pontos, consolidando sete sessões consecutivas no ‘verde’ e encaminhando-se para novos recordes.

Em termos macroeconómico, o número de pedidos de subsídios de desemprego caiu para 213 mil na semana passada, apanhando de surpresa os analistas.

A influenciar o desempenho das ações em Wall Street estiveram também as novas sanções impostas pelos Estados Unidos à Rússia, devido ao alegado envolvimento russo na tentativa de assassinato do antigo espião Sergei Skripal. A Administração Trump acredita que a Rússia utilizou uma “arma química ou biológica em violação da lei internacional” ou foi usado “um químico letal contra um dos seus próprios cidadãos”.

No setor petrolífero, o Brent recua 0,39%, para 72 dólares por barril, e o crude WTI desvaloriza 0,34%, para os 66,71 dólares.

No mercado cambial, o euro perde 0,66% para 1,153 dólares e a libra deprecia 0,40%, para 1,283 dólares.