BCP e energia ajudam PSI 20 a seguir no ‘verde’

A Pharol contraria o otimismo e perde 0,98%, para 0,1818 euros, um dia depois de a ‘telecom’ brasileira Oi, da qual é acionista, realizar uma assembleia-geral extraordinária para concretizar o aumento de capital estipulado na alteração dos seus estatutos sociais.

Benoit Tessier / Reuters

A bolsa portuguesa negoceia em alta a meio da sessão desta terça-feira, dia 18 de setembro, numa altura em que a Europa se mantém em terreno positivo. O principal índice do mercado nacional, PSI 20, soma 0,69%, para 5.365,48 pontos, impulsionado pelas valorizações de quase todas as cotadas.

Os títulos do BCP avançam 1,47%, para 0,2490 euros, depois de ontem terem estado a alavancar a praça lisboeta com uma subida de quase 4%. No retalho, a Jerónimo Martins sobe 0,04%, para 13,0150 euros, e os da Sonae avançam 1,70%, para 0,9275 euros. Na energia, a EDP cresce 0,06%, a EDP Renováveis soma 0,53%, a REN pontua 0,41%. A Galp Energia, que destaca hoje o dividendo de 0,275 euros por ação, sobe 1,64%, para 16,440 euros.

A Navigator avança 1,70%. Na sexta-feira, a agência de notação financeira Moody’s adiantou que a taxa anti-dumping norte-americana prejudicaria a empresa da pasta e papel nacional, mas não comprometeria o seu rating. Pintadas a ‘verde’ estão ainda as ações da NOS, com uma valorização de 1,18%.

A Pharol contraria o otimismo e perde 0,98%, para 0,1818 euros, um dia depois de a ‘telecom’ brasileira Oi, da qual é acionista, realizar uma assembleia-geral extraordinária para concretizar o aumento de capital estipulado na alteração dos seus estatutos sociais. A ‘vermelho’ ainda a Mota-Engil (-0,23%, para 2,1600 euros).

Quanto às restantes bolsas europeias, o índice francês CAC 40 valoriza 0,22%, o espanhol IBEX 35 aprecia 0,15%, o holandês AEX avança 0,06% e o britânico FTSE 100 está na linha d’água (+0,01%). Já o italiano FTSE MIB e o alemão DAX recuam 0,23% e 0,18%, respetivamente. Na bolsa de Madrid, o Santander sobe 0,39%, para 4,348 euros, com o anúncio de que estaria a pensar adquirir uma corretora londrina.

No setor petrolífero, a cotação do barril de Brent, que serve de referência para a Europa, soma 1,22% para 79,00 euros, enquanto a cotação do crude WTI avança 1,28%, para 69,58 dólares por barril. No que diz respeito ao mercado cambial, o euro valoriza os ligeiros 0,16% face à moeda norte-americana, para 1,1702 dólares, e a libra deprecia 0,02% perante a divisa dos Estados Unidos, para 1,3146 dólares.

Ler mais
Recomendadas

Quedas abruptas em Wall Street ao ritmo de Itália e Arábia Saudita

Nem só da Fed viveu a desconfiança dos investidores em Wall Street: a incerteza em torno do orçamento italiano e as fortes possibilidades de uma deterioração das relação entre os EUA e a Arábia Saudita condicionaram as ações transacionadas nesta sessão.

CTO da Fujitsu: “Os bancos estão a tornar-se empresas tecnológicas”

Pascal Huijbers, Chief Technology Officer for Financial Services EMEIA da Fujitsu, explicou em entrevista ao Jornal Económico a importância da cooperação da banca tradicional com as fintech, bem como das criptomoedas e da blockchain.

PremiumGuerra comercial é a maior ameaça à economia global

Governo estimou o impacto de uma procura externa abaixo do esperado, aumento do preço do petróleo e subida das taxas de juro de curto prazo.
Comentários