Bolsa de Lisboa recua pressionada pela NOS, BCP e Galp

A liderar os ganhos está a EDP Renováveis que sobe 1,58% para 14,12 euros, seguida da EDP que valoriza 1,14% para 4,27 euros. A EDP anunciou na quinta-feira que emitiu 850 milhões de dólares em ‘dívida verde’ com o objetivo de financiar projetos de energia renovável.

Justin Lane/EPA via Lusa

A bolsa de Lisboa segue em terreno negativo e perde 0,13% para 4.281,18 pontos na sessão desta sexta-feira.

Lá fora, Paris desce 0,46%, Madrid perde 1,20% e Frankfurt recua 0,04%.

Do lado das perdas, a Nos lidera ao recuar 1,58% para 3,25 euros, seguida do BCP que perde 1,51% para 0,09 euros.

Destaque para a Galp que desvaloriza 1,33% para 8,92 euros, e para a Mota-Engil que desce 0,91% para 1,30 euros.

Já a Sonae perde 0,83% para 0,60 euros.

A liderar os ganhos está a EDP Renováveis que sobe 1,58% para 14,12 euros, seguida da EDP que valoriza 1,14% para 4,27 euros.

Segue-se a Semapa que ganha 0,75% para 8,09 euros, e a Ibersol que valoriza 0,37% para 5,44 euros.

Destaque para a Sonaecom que ganha 0,29% para 0,70 euros.

A EDP é a cotada mais negociada com 1,6 milhões de ações trocadas, seguida da Galp com 1,5 milhões de ações, e a Jerónimo Martins com 657 mil ações.

Na quinta-feira, a EDP anunciou que emitiu 850 milhões de dólares em dívida verde (green bonds) a sete anos, com um juro de 1,71%. A elétrica portuguesa colocou pela primeira vez dívida em moeda norte-americana, na que foi a sexta colocação de dívida verde.

“Esta emissão destina-se ao financiamento ou refinanciamento, no todo ou em parte, do portfólio de projetos renováveis” do grupo EDP, como centrais eólicas ou solares, anunciou a elétrica na noite de quinta-feira.

Na Europa, a queda das principais praças acontece num momento em que estão a surgir muitos novos casos de coronavírus por todo o continente, com os mercados preocupados com os impactos negativos de uma segunda vaga na retoma económica europeia.

Já em Espanha, o Bankia segue a cair 2% depois do Caixabank ter avaliado a instituição em 4,3 mil milhões de euros. Os dois bancos estão a ultimar os preparativos desta operação que vai criar o maior banco espanhol.

EDP coloca 850 milhões de dólares em ‘green bonds’, na primeira emissão em moeda norte-americana

Ler mais

Recomendadas

Wall Street fecha em alta graças à economia e às tecnológicas

A taxa de crescimento da maior economia do mundo surpreendeu os investidores. O crescimento do PIB e os resultados das empresas Facebook, Alphabet, Amazon e Apple puxaram pela bolsa de Nova Iorque que fechou em alta apesar da nova vaga da pandemia.

EDP desiste do processo contra o Estado na CESE. Custos superam probabilidade de sucesso

A energética anunciou ainda que vai pedir a Bruxelas a análise da conformidade relativamente ao futuro do mecanismo de financiamento da Tarifa Social. “A EDP não questiona a existência da Tarifa Social em si mesma, com cujo propósito concorda, mas não pode, atendendo à evolução do respectivo regime, conformar-se com os termos de financiamento”.

Lucro da EDP desce 8% para 422 milhões de euros nos nove meses

A energética salientou que prejuízo em Portugal foi de 23 milhões de euros, numa sequência de perdas que começou em 2018. A nível do grupo, o EBITDA – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – recuou 2% para 2.625 milhões de euros
Comentários