Dois jogadores da seleção sub-20 de Cabo Verde desaparecidos depois de jogo em Portugal

A Federação Cabo-verdiana de Futebol já comunicou às autoridades que os futebolistas Clé, da Boavista, e Júnior, do Desportivo da Praia, não regressaram ao país.

Os jogadores de futebol Clé, da Boavista, e Júnior, do Desportivo da Praia, não regressaram a Cabo Verde após participarem num jogo em Portugal. A Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCB) já comunicou às autoridades que os futebolistas não voltaram a este país africano.

“A FCF já informou as autoridades competentes, em Cabo Verde e Portugal, do ocorrido e está, neste momento, a fazer os possíveis para que os dois atletas regressem ainda nesta semana, para que tal atitude não prejudique futuros convocados residentes, com problemas de obtenção de vistos”, lê-se no comunicado de imprensa.

A FCF explicou, na nota enviada às redações, que os dois atletas estiveram no aeroporto de Lisboa, no dia de regresso, 31 de janeiro, tendo feito o “check-in” e que, posteriormente, “desviaram o caminho e não chegaram a entrar no avião que tinha como destino a cidade da Praia”.

Os futebolistas Euclides Andrade (“Clé”) e Luís Fernandes (“Júnior”), da seleção sub-20, não regressaram a Cabo Verde, depois do jogo da categoria com a congénere de Portugal, realizado na semana passada.

Segundo a agência noticiosa cabo-verdiana Inforpress, a ausência de Clé no ataque do Boavista foi notada este sábado, no jogo contra o Relâmpago, bem como a de Júnior, no meio campo do Desportivo, na partida de sexta-feira, em jogos a contar para décima quarta jornada do campeonato. Clé lidera a lista dos marcadores do campeonato regional de Santiago Sul, com 11 golos e Júnior tem sido um dos destaques do desportivo da Praia.

Recomendadas

Sérvulo estabelece parceria com sociedade de advogados em Cabo Verde

A MJN Advogados, de Maria João de Novais, é o novo escritório parceiro da Sérvulo & Associados.

“Em Lisboa emitimos mais de 15 mil passaportes nos últimos dois anos”, diz governo cabo-verdiano

O ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades e da Defesa de Cabo Verde anunciou esta quinta-feira que os consulados e embaixadas de Cabo Verde já emitiram 35 mil passaportes, entre 2017 e 2018.

Banco Europeu de Investimento tem oportunidades de estágio para cabo-verdianos

A instituição bancária europeia tem um programa com oito estágios profissionais para oferecer estudantes universitários e/ou ou recém-licenciados dos países membros da associação ACP.
Comentários