Flow capta Jane Hoffer como CEO para expandir o negócio

Fruto de uma parceria tecnológica entre a Galp e o CeiiA, a startup disponibiliza software para carregamento de veículos elétricos, entre vários outros serviços.

Galp

A Flow, startup portuguesa que integra serviços de energia e mobilidade, anunciou a contratação de Jane Hoffer como CEO. Formada em engenharia pela Texas A&M University e com experiência em vários sectores da indústria, incluindo tecnologia, a nova CEO conta com décadas de experiência, desde a liderança de iniciativas de vendas em empresas globais como a IBM Corporation até à fundação, lançamento e venda de startups tecnológicas, incluindo a Prescient Systems.

Jane Hoffer ocupava até agora o cargo de Chief Business Officer da Veniam, empresa portuguesa baseada nos Estados Unidos que fornece soluções de rede inteligente para carros conectados e veículos autónomos. Na Veniam, Hoffer liderou o crescimento e a expansão da empresa para mercados globais, impulsionou vendas e apresentou a utilização desta solução pelos maiores fabricantes automóveis mundiais.

“A Flow está preparada para aproveitar o novo paradigma da mobilidade, com o foco em soluções corporativas e urbanas. O nosso objetivo é otimizar a forma como as pessoas se movem e, através disso, contribuir para o esforço global de descarbonização”, afirma Hoffer, citada por comunicado da empresa. Hoffer terá como missão expandir globalmente a base de clientes do sistema operacional da Flow, que já conta clientes no sector privado e público em Portugal, Espanha, Itália e Brasil.

A Flow apresenta-se como o ‘motor sustentável’ dos atuais programas de mobilidade, tanto no sector privado como no público. Através de soluções modulares e escaláveis, esta start up tecnológica promete acelerar a adoção da mobilidade partilhada e elétrica, contribuindo ativamente para a transição de frotas abastecidas por combustíveis fósseis para frotas elétricas.

A tecnologia da Flow sustenta a maior rede pública e privada de carregadores de veículos elétricos em Portugal. “Adicionalmente, as iniciativas de eletrificação de frotas no país feitas em Lisboa e no Porto, em conjunto com a LeasePlan e a ALD, comprovam a experiência e eficácia nos serviços de e-mobilidade da Flow”, refere o comunicado.

“Estamos muito entusiasmados com este novo passo no desenvolvimento da FLOW”, afirma Susana Quintana-Plaza, administradora executiva da Galp, responsável pelas áreas de Renováveis, Novos Negócios e Inovação da Galp e presidente do conselho de administração da Flow.

A FLOW nasceu da parceria tecnológica entre a Galp e o CEiiA (Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produto), tendo já participado em vários projetos de êxito de mobilidade de empresas e cidades. “Através da Flow, a Galp assume uma posição de liderança numa área determinante para a definição dos contornos da mobilidade do presente e do futuro”. A startup conta atualmente com uma equipa de 50 colaboradores.

Recomendadas

Amazon entra no capital da plataforma de NFT’s desportivos Dibbs

Fundada em 2020, a Dibbs iniciou a sua caminhada ao vender cartões (cromos) desportivos para que os seus membros os possam negociar, transformando-os em NFTs, permitindo que possuam peças colecionáveis ​​de alto valor que, de outra forma, seriam impossíveis de obter.

Greve na Metro do Porto com total adesão entre associados do sindicato mas sem impedir circulação

“Como a Metro do Porto anuncia a greve, muita gente já nem se desloca para as estações”, justificou o dirigente sindical Helder Silva.

O que é preciso para reconstruir o Montepio? Veja a entrevista a Pedro Corte-Real, candidato à liderança da mutualista

Que futuro para a mutualista Montepio? Pedro Corte-Real, crítico das várias lideranças da dona do Banco Montepio e candidato às eleições de 17 de dezembro da Associação Mutualista Montepio Geral pela lista B é entrevistado por Maria Teixeira Alves, grande repórter do JE, relativamente aos grandes desafios desta instituição.
Comentários