Flow capta Jane Hoffer como CEO para expandir o negócio

Fruto de uma parceria tecnológica entre a Galp e o CeiiA, a startup disponibiliza software para carregamento de veículos elétricos, entre vários outros serviços.

Galp

A Flow, startup portuguesa que integra serviços de energia e mobilidade, anunciou a contratação de Jane Hoffer como CEO. Formada em engenharia pela Texas A&M University e com experiência em vários sectores da indústria, incluindo tecnologia, a nova CEO conta com décadas de experiência, desde a liderança de iniciativas de vendas em empresas globais como a IBM Corporation até à fundação, lançamento e venda de startups tecnológicas, incluindo a Prescient Systems.

Jane Hoffer ocupava até agora o cargo de Chief Business Officer da Veniam, empresa portuguesa baseada nos Estados Unidos que fornece soluções de rede inteligente para carros conectados e veículos autónomos. Na Veniam, Hoffer liderou o crescimento e a expansão da empresa para mercados globais, impulsionou vendas e apresentou a utilização desta solução pelos maiores fabricantes automóveis mundiais.

“A Flow está preparada para aproveitar o novo paradigma da mobilidade, com o foco em soluções corporativas e urbanas. O nosso objetivo é otimizar a forma como as pessoas se movem e, através disso, contribuir para o esforço global de descarbonização”, afirma Hoffer, citada por comunicado da empresa. Hoffer terá como missão expandir globalmente a base de clientes do sistema operacional da Flow, que já conta clientes no sector privado e público em Portugal, Espanha, Itália e Brasil.

A Flow apresenta-se como o ‘motor sustentável’ dos atuais programas de mobilidade, tanto no sector privado como no público. Através de soluções modulares e escaláveis, esta start up tecnológica promete acelerar a adoção da mobilidade partilhada e elétrica, contribuindo ativamente para a transição de frotas abastecidas por combustíveis fósseis para frotas elétricas.

A tecnologia da Flow sustenta a maior rede pública e privada de carregadores de veículos elétricos em Portugal. “Adicionalmente, as iniciativas de eletrificação de frotas no país feitas em Lisboa e no Porto, em conjunto com a LeasePlan e a ALD, comprovam a experiência e eficácia nos serviços de e-mobilidade da Flow”, refere o comunicado.

“Estamos muito entusiasmados com este novo passo no desenvolvimento da FLOW”, afirma Susana Quintana-Plaza, administradora executiva da Galp, responsável pelas áreas de Renováveis, Novos Negócios e Inovação da Galp e presidente do conselho de administração da Flow.

A FLOW nasceu da parceria tecnológica entre a Galp e o CEiiA (Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produto), tendo já participado em vários projetos de êxito de mobilidade de empresas e cidades. “Através da Flow, a Galp assume uma posição de liderança numa área determinante para a definição dos contornos da mobilidade do presente e do futuro”. A startup conta atualmente com uma equipa de 50 colaboradores.

Ler mais
Recomendadas

Coronavírus: Ligações da Easyjet a partir de Portugal para Itália não serão afetadas por enquanto

A easyJet diz que, por enquanto, os voos da companhia entre Portugal e Itália não estão afetadas e que está a acompanhar o evoluir da situação no norte de Itália, onde o Covid-19 já matou 14 pessoas e infetou pelo menos 400.

PremiumAntonoaldo Neves diz que obras na Portela podem causar acidentes

Antonoaldo Neves defende solução alternativa proposta pela consultora PASSUR. Confrontada pelo JE, concessionária aeroportuária rejeita críticas da TAP e diz que restantes companhias “não se queixam”.

PremiumNovo Banco anuncia hoje prejuízo de cerca de mil milhões de euros em 2019

O Novo Banco apresenta hoje as contas que justificam a chamada de 1.037 milhões ao Fundo de Resolução. O banco teve prejuízos de cerca de mil milhões, mas o lucro recorrente é de 170 milhões.
Comentários