Flow capta Jane Hoffer como CEO para expandir o negócio

Fruto de uma parceria tecnológica entre a Galp e o CeiiA, a startup disponibiliza software para carregamento de veículos elétricos, entre vários outros serviços.

Galp

A Flow, startup portuguesa que integra serviços de energia e mobilidade, anunciou a contratação de Jane Hoffer como CEO. Formada em engenharia pela Texas A&M University e com experiência em vários sectores da indústria, incluindo tecnologia, a nova CEO conta com décadas de experiência, desde a liderança de iniciativas de vendas em empresas globais como a IBM Corporation até à fundação, lançamento e venda de startups tecnológicas, incluindo a Prescient Systems.

Jane Hoffer ocupava até agora o cargo de Chief Business Officer da Veniam, empresa portuguesa baseada nos Estados Unidos que fornece soluções de rede inteligente para carros conectados e veículos autónomos. Na Veniam, Hoffer liderou o crescimento e a expansão da empresa para mercados globais, impulsionou vendas e apresentou a utilização desta solução pelos maiores fabricantes automóveis mundiais.

“A Flow está preparada para aproveitar o novo paradigma da mobilidade, com o foco em soluções corporativas e urbanas. O nosso objetivo é otimizar a forma como as pessoas se movem e, através disso, contribuir para o esforço global de descarbonização”, afirma Hoffer, citada por comunicado da empresa. Hoffer terá como missão expandir globalmente a base de clientes do sistema operacional da Flow, que já conta clientes no sector privado e público em Portugal, Espanha, Itália e Brasil.

A Flow apresenta-se como o ‘motor sustentável’ dos atuais programas de mobilidade, tanto no sector privado como no público. Através de soluções modulares e escaláveis, esta start up tecnológica promete acelerar a adoção da mobilidade partilhada e elétrica, contribuindo ativamente para a transição de frotas abastecidas por combustíveis fósseis para frotas elétricas.

A tecnologia da Flow sustenta a maior rede pública e privada de carregadores de veículos elétricos em Portugal. “Adicionalmente, as iniciativas de eletrificação de frotas no país feitas em Lisboa e no Porto, em conjunto com a LeasePlan e a ALD, comprovam a experiência e eficácia nos serviços de e-mobilidade da Flow”, refere o comunicado.

“Estamos muito entusiasmados com este novo passo no desenvolvimento da FLOW”, afirma Susana Quintana-Plaza, administradora executiva da Galp, responsável pelas áreas de Renováveis, Novos Negócios e Inovação da Galp e presidente do conselho de administração da Flow.

A FLOW nasceu da parceria tecnológica entre a Galp e o CEiiA (Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produto), tendo já participado em vários projetos de êxito de mobilidade de empresas e cidades. “Através da Flow, a Galp assume uma posição de liderança numa área determinante para a definição dos contornos da mobilidade do presente e do futuro”. A startup conta atualmente com uma equipa de 50 colaboradores.

Ler mais
Recomendadas

Fitch mantém rating da dívida sénior de longo prazo da CGD

A Fitch manteve o ‘rating’ da dívida sénior de longo prazo da Caixa Geral de Depósitos (CGD) e reduziu a perspetiva de estável para negativa devido ao impacto da pandemia covid-19, segundo comunicado do banco ao mercado.

Prio investe no fornecimento de energia elétrica 100% renovável

A empresa afirma que a decisão surge na sequência dos investimentos já realizados e a realizar até 2025. E vai expandir a sua rede de postos de abastecimento dos atuais 190 para os 300.

Comissões bancárias representaram 33% do produto bancário em 2019

Em 2019, os resultados de serviços e comissões foram de 2.212 milhões de euros, o que representou 32,5% do produto bancário (6.808 milhões de euros), acima do peso de 30,3% do produto bancário registado em 2018, segundo a APB.
Comentários