Madeira e Açores registam o maior crescimento da taxa de ocupação nos voos da TAP

Pela primeira vez num mês de janeiro, a TAP transportou mais de 50 mil passageiros nos voos Lisboa – Funchal. A companhia aérea portuguesa superou também a marca de um milhão de passageiros alguma vez registada num mês de janeiro.

As ligações à Madeira e aos Açores registaram o maior crescimento percentual da TAP em janeiro deste ano (35%), mês em que a companhia aérea portuguesa contabilizou um aumento de 16% no número de passageiros transportados comparativamente ao mês homólogo.

Ao atingir um total de um milhão e 115 mil passageiros transportados, a TAP superou pela primeira vez na sua história a marca de um milhão de passageiros num mês de janeiro.

Também as ligações para o Atlântico Norte – Estados Unidos da América e Canadá – cresceram 22% e as rotas do Brasil 17%.

Segundo a TAP, a taxa de ocupação mais elevada verificou-se nas rotas do Brasil, onde este indicador atingiu os 90,2 por cento, mas o maior crescimento de load factor, de 11,4 pontos percentuais, registou-se nos voos para Madeira e Açores.

Pela primeira vez num mês de janeiro, a TAP transportou mais de 50 mil passageiros nos voos Lisboa – Funchal, mais 13 mil que em janeiro do ano passado e mais de 10 mil nas ligações entre Lisboa e Ponta Delgada, mais 4 mil e 600 que em 2017.

Janeiro de 2018 foi também, refere a companhia aérea portuguesa em comunicado, o melhor mês de sempre, em termos absolutos, no volume de passageiros transportados entre Lisboa e São Paulo, 32 mil.