Pelo menos 57 migrantes mortos em naufrágio ao largo da Líbia

Pelo menos 57 migrantes morreram hoje quando a embarcação em que seguiam naufragou ao largo da Líbia, anunciou um responsável para as migrações da ONU.

Uma porta-voz da Organização Internacional das Migrações, Safa Msehli, disse que a embarcação zarpou da cidade costeira de Khums no domingo, com pelo menos 75 migrantes a bordo.

Dezoito migrantes africanos foram resgatados e devolvidos à costa de onde partiram hoje, acrescentou.

O naufrágio foi a mais recente tragédia ocorrida no mar Mediterrâneo envolvendo migrantes em busca de uma vida melhor na Europa.

Nos últimos meses, tem-se registado um aumento das travessias e tentativas de travessia a partir da Líbia.

Segundo a Amnistia Internacional, nos primeiros seis meses deste ano, mais de 7.000 pessoas intercetadas no mar foram reencaminhadas pelas autoridades para campos de detenção na Líbia.

Recomendadas

Biden e Putin: tentar salvar a face, cada um à sua maneira. Veja “A Arte da Guerra”

Acompanhe o programa “A Arte da Guerra” na plataforma multimédia JE TV, através do site e das redes sociais do Jornal Económico.

Reino Unido avisa indústria alimentar para se preparar para o aumento do preço do gás natural

Os preços do gás natural dispararam este ano, à medida que as economias reabriram após os confinamentos provocados pela pandemia de Covid-19, com a alta procura por gás natural liquefeito na Ásia a significar que o fornecimento para a Europa diminuísse, enviando ondas de choque a indústrias que dependem desta fonte de energia.

Aumento do preço do gás e eletricidade pode comprometer metas climáticas da União Europeia

Face à subida de 280% no preço da eletricidade na União Europeia, os ministros da Energia dos 27 Estados-membros vão reunir-se pela primeira vez desde que os preços começaram a agravar-se nas últimas semanas para discutir a pior crise de preços de energia do bloco nos últimos anos.
Comentários