Portugueses dão mais dinheiro do IRS para solidariedade

Em 2017, as doações através das declarações de IRS dispararam 27%, para 20 milhões de euros.

Cristina Bernardo

As famílias portuguesas estão mais generosas com as instituições sociais. Em 2017, as doações através das declarações de Rendimento das Pessoas Singulares (IRS) dispararam 27%, para 20 milhões de euros, revela o “Jornal de Notícias” (JN) na edição desta quarta-feira.

Segundo os dados enviados pelo Ministério das Finanças ao diário, tanto o número de famílias que consignam IRS como as entidades beneficiárias têm aumentado, pelo menos, desde 2014. Em 2017, em média, foram doados para caridade 5.423 euros por instituição.

“Ajuda as instituições a equilibrar as contas e envolve a sociedade na resolução de problemas sociais”, afirma ao JN o presidente da Confederação das Instituições Particulares de Solidariedade Social, Lino Maia.

“O sistema é muito bem vindo e deve ser reforçado, mas ainda há uma baixa adesão face ao potencial”, refere, por sua vez, João Lázaro, presidente da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima.

Já escolheu uma entidade para ‘doar’ 0,5% do seu IRS? Há 4 mil candidatos

Ler mais
Recomendadas

Tem carro a gasóleo? Vem aí novo aumento na próxima semana

Já a gasolina vai sofrer uma descida pela segunda semana consecutiva.

Premium“A classe média ainda não pode viver em Lisboa”

CEO e fundador da Essentia explica que, apesar de existir uma estabilização dos preços no mercado da reabilitação urbana, os portugueses que chegam ao centro histórico da cidade pertencem à “classe média alta e alta”.

Governo reforça camas para universitários

No âmbito do Plano Nacional para o Alojamento no Ensino Superior, as regiões do país ampliam a oferta de residências.
Comentários