Portugueses só vão gastar metade do seu subsídio de Natal em presentes

37% dos portugueses faz as compras dos presentes nas 2 semanas que antecedem o Natal. Enquanto 29% admite fazê-lo um mês antes e apenas 4% faz compras de última hora, um ou dois dias antes do Natal.

REUTERS / Peter Nicholls

De acordo com o Observador Cetelem Natal, 24% dos portugueses contam gastar metade ou mais do seu subsídio neste período, enquanto 20% dos portugueses dizem não ter a intenção de gastar nenhuma parte do subsídio. A maior diferença face ao ano passado é a percentagem que diz gastar o subsídio de Natal na totalidade: este ano, apenas 5% diz fazê-lo, face a 11% em 2018.

Este ano, 98% dos portugueses deverão celebrar o Natal, face aos 90% em 2018. Além de mais festivos, os portugueses revelam-se mais caseiros nesta época, com 96% a passarem a quadra natalícia em casa mais sete pontos percentuais face a 2018 (89%).

Mais de metade dos portugueses passarão o Natal na própria  casa (58%), no entanto alguns repartem o evento entre a sua casa e a de familiares, uma vez que 51% indicam que também tencionam passar o Natal em casa de familiares, seja a véspera ou o dia de Natal. Apenas 4% dos inquiridos diz passar a quadra natalícia fora, um ligeiro aumento face a 2018 (1%).

Além de preferirem o conforto da casa, 75% dos portugueses celebram a época com o agregado familiar, menos 3% que em 2018. Mais de metade dos inquiridos (57%) celebra também com outros familiares além do agregado, mais 14% face ao ano passado. Apenas 7% diz celebrar com os amigos, e 1% celebra sozinho.

Ainda na preparação para a noite de Natal, 37% dos portugueses faz as compras dos presentes nas 2 semanas que antecedem o Natal. Enquanto 29% admite fazê-lo um mês antes e apenas 4% faz compras de última hora, um ou dois dias antes do Natal.

 

Ler mais
Recomendadas

Empresas com novo apoio à retoma recebem ajuda para subsídio de Natal em 2021

A jurista Alexandra Marcelino explicou que o trabalhador com redução de horário no âmbito do novo apoio extraordinário à retoma progressiva da atividade “tem direito a subsídio de Natal por inteiro”.

Sabe se pode ter direito à pensão de invalidez?

Sabia que se apresentar incapacidade permanente para o trabalho pode usufruir de um apoio pago pela Segurança Social? Trata-se da pensão de invalidez, que pode ser relativa ou absoluta, consoante o grau de incapacidade que tiver. Descubra, neste artigo, se tem direito e como obter.

Especial Heranças: Herdeiros são obrigados a pagar dívidas?

Sabe que, para ficar com os seus bens, os seus familiares terão de pagar mais de 400 euros só em papelada obrigatória? Ou quantos passos são necessários até a herança ser do herdeiro? E se a herança contiver uma dívida? Neste artigo vai ficar a conhecer quais os gastos que as famílias têm e algumas dicas para evitá-los.
Comentários