Salário minimo em Espanha passará para 850 euros em 2020

O Presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy, disse hoje que o Executivo e os parceiros sociais assinaram um acordo sobre o aumento do salário mínimo nacional.

No Palácio da Moncloa, Mariano Rajoy e a ministra do Emprego, Fátima Báñez, assinaram um acordo com os secretários-gerais da CCOO – Confederação Sindical das Comissões Operárias e a UGT – União Geral dos Trabalhadores, Unai Sordo e Pepe Álvarez, respetivamente, e os presidentes de CEOE – Confederação Espanhola das Organizações Empresariais, Juan Rosell e Cepyme – Confederação Espanhola das Pequenas e Médias Empresas, Antonio Garamendi.

No acordo ficou firmado que o salário mínimo nacional passará dos atuais 707,6 euros para os 850 euros em 2020. Para 2018, subirá 4% até aos 735,9 euros, em 14 pagamentos, e nos restantes anos aumentará até 850 euros, em 2020.

Recomendadas

Riqueza global continua a aumentar, com destaque para Estados Unidos e China

Os Estados Unidos continuam a liderar a listas da criação planetária de riqueza, mas a China, num confortável segundo lugar, está cada vez mais próxima.

Reino Unido admite período de transição mais longo após-Brexit

“Uma ideia que surgiu – e neste momento é uma ideia – foi criar uma opção para estender o período de implementação por alguns meses. Seria apenas uma questão de uns meses”, afirmou a governante aos jornalistas presentes na cimeira de líderes europeus, que está a decorrer em Bruxelas.

Polícia turca termina buscas à residência do cônsul saudita em Istambul

A autorização de Riade para que pudessem ser efetuadas buscas na residência do diplomata só foi emitida na noite de terça-feira.
Comentários