Volkswagen vai deixar de produzir veículos a gasóleo e gasolina na Europa em 2035 (com áudio)

Decisão da construtora alemã está relacionada com o combate às mudanças climáticas e na redução das emissões de acordo com as novas regulamentações da União Europeia.

A Volkswagen vai deixar de construir automóveis com motores de combustão na Europa em 2035. A decisão foi anunciada por Klaus Zellmer, membro do conselho de vendas e marketing da construtora alemã, segundo a “Deutsche Welle” esta segunda-feira, 28 de junho.

Esta medida irá ser aplicada posteriormente no mercado dos Estados Unidos e no da China. A decisão da construtora alemã está relacionada com o combate às mudanças climáticas e na redução das emissões de acordo com as novas regulamentações da União Europeia (UE).

Ao jornal alemão “Münchner Merkur”, o responsável revelou que esta decisão vai também abranger outras marcas do Grupo Volkswagen e que chegará mais tarde a África e América do Sul “devido à falta de condições e infra-estrutura política”.

A Audi, uma das empresas que integra a Volkswagen informou recentemente que pretende interromper a produção de veículos a motor em 2033, enquanto a americana Ford e a sueca Volvo anunciaram planos para que os seus automóveis passem a ser totalmente elétricos na Europa a partir de 2030.

A União Europeia deverá revelar metas de emissões mais rígidas para 2030 e novas propostas de regulamentação no final do mês julho. Espera-se que as construtoras automóveis enfrentem restrições ainda mais rígidas.

Recomendadas

Ricardo Salgado. Tribunal rejeita pedido da defesa para suspender julgamento por diagnóstico de Alzheimer

A defesa do antigo banqueiro Ricardo Salgado tinha pedido a suspensão do processo, mas juiz considera que a doença não é razão suficiente para que as “capacidades de defesa do arguido estejam limitadas de tal forma que o impeçam de se defender de forma plena.

Presidente e vice-presidente da ASFAC integram a direção da associação europeia do sector

Duarte Gomes Pereira e Leonor Santos, Presidente e Vice-presidente, respetivamente, da Associação de Instituições de Crédito Especializado (ASFAC) foram eleitos para integrar a Direção da European Federation of Finance House Associations (Eurofinas).

WeWork chega ao mercado bolsista

Entrada no mercado de ações acontece depois do entrave criado pela pandemia e de uma Oferta Pública Inicial (IPO) falhada.
Comentários