Ratos engoliram 300 euros em notas de um banco e foram adotados pelos funcionários

Depois do “assalto”, os empregados do ForteBank, no Cazaquistão, quiseram levá-los para casa.

Os ratos que engoliram 100 mil tenge cazaquistaneses (cerca de 300 euros) de uma caixa automática do ForteBank foram adotados pelos funcionários da instituição antes que fizessem mais estragos. O vídeo dos roedores em Astana, capital do Cazaquistão, tornou-se viral.

“Lembras-te dos ratos que comeram o nosso dinheiro? Nós encontrámo-los! Decidimos mostrar aos bravos animais que há mais lugares mais interessantes do que uma caixa de multibanco escura”, escreveu a entidade bancária na rede social Facebook. Segundo a imprensa local, os ratos terão procurado abrigo de condições climáticas severas. Depois do “assalto” à caixa automática, os empregados do banco substituíram o dinheiro em falta e levaram-nos para casa.

Recomendadas

Leia aqui o Jornal Económico desta semana

Leia todas as edições do Jornal Económico, na plataforma JE Leitor. Aproveite as nossas ofertas para assinar o Jornal Económico. Apoie o jornalismo independente.

Estes são os onze políticos mais ricos de Portugal

Conheça os onze políticos portugueses que têm um património global superior a 1 milhão de euros, de acordo com as contas da revista “Sábado”.

“#somos táxis”: a manifestação em imagens

Veja as imagens da manifestação em Lisboa, Porto e Faro contra a entrada em vigor da legislação sobre as plataformas que agregam motoristas em carros descaracterizados é o quarto grande protesto de taxistas nos últimos três anos.
Comentários