Wall Street fecha em alta e petróleo sobe mais de 1%

Em Wall Street o setor tecnológico valorizou o que mostra que o mercado poderia estar à espera que Trump aplicasse tarifas muito superiores aos bens importados da China e que por isso esta decidisse por uma retaliação também em maior escala.

Traders work on the floor of the New York Stock Exchange (NYSE) shortly after the opening bell in New York, U.S., January 5, 2017. REUTERS/Lucas Jackson

Os principais índices da NYSE fecharam em alta. O Dow Jones subiu 0,72% para 26.249,57 pontos; o S&P 500 ganha 0,60% para 2.906,2 pontos e o Nasdaq valoriza 0,68% para 7.298 pontos.

Em Wall Street o setor tecnológico valorizou o que mostra que o mercado poderia estar à espera que Trump aplicasse tarifas muito superiores aos bens importados da China e que por isso esta decidisse por uma retaliação também em maior escala. A China acabou por manifestar intenção de aplicar entre 5% a 10% sobre cerca de 60 mil milhões de dólares de importações provenientes dos EUA.

A Administração Trump impôs uma taxa alfandegária de 10% sobre os 200 mil milhões de dólares de produtos chineses que são importados e que entram em vigor no dia 24 de setembro, sendo que Trump admitiu elevar a taxa para 25% no início do próximo e avançar com mais tarifas em mais 267 mil milhões de dolares de produtos caso a China retalie.

“A China tem dito que vai retaliar com a aplicação de tarifas em 60 mil milhões de dólares de produtos norte-americanos mas ainda não há qualquer indicação oficial. Nesta lista, os smart watches e os aparelhos Bluetooth foram removidos da lista. A Apple vê então salvos alguns dos seus produtos entre os quais o AirPods e o Apple Watch”, escreveu o analista do BCP.

A Comissão Europeia exigiu à Irlanda que cobrasse 13,1 mil milhões de euros à Apple em impostos atrasados, num processo que Bruxelas considerou tratar-se de ajudas ilegais do Estado à tecnológica norte-americana. A exigência remonta a 2016, mas só agora a Apple fez o pagamento.

Entretanto hoje foi conhecido que a Apple vai pagar à Irlanda 14 mil milhões de euros em impostos exigidos por Bruxelas.

A Irlanda recuperou os 13,1 mil milhões de euros de impostos, mais 1,2 mil milhões de euros em juros.

Segundo as notícias internacionais, estes 14,3 mil milhões serão guardados num fundo de custódia até que o recurso apresentado contra a decisão de Bruxelas seja decidido, revelou o ministro das Finanças da Irlanda.

Em termos macroeconómico, o sentimento no Imobiliário norte-americano melhorou inesperadamente. A NAHB, tracker de sentimento no setor, manteve-se nos 67 em setembro, quando os analistas estimavam uma descida para os 66.

Os preços do petróleo estão a subir mais de 1% nos mercados internacionais. Isto depois de a Arábia Saudita ter afirmado que está confortável com as cotações da matéria-prima acima dos 80 dólares por barril. O WTI sobe 1,47% para 69,92 dólares.

Ler mais
Recomendadas

Onda negativa varre bolsas europeias. Lisboa cai mais de 1%

Pela terceira sessão consecutiva o índice lisboeta caiu. Hoje Lisboa acompanhou as principais praças europeias, mas liderando nas quedas. O petróleo cai e os juros melhoram.

Wall Street em baixa à espera do resultado da reunião da Fed

Possível anúncio das subidas das taxas de juro na quarta-feira já afetou o sentimento dos investidores. É o pior mês de dezembro de Wall Street em 16 anos devido à conjuntura económica.

BdP: Crédito ao consumo aumenta em outubro 2,5%

O montante dos novos contratos de crédito aos consumidores aumentou 2,5% em outubro face ao mesmo mês do ano passado e 14,9% face ao mês anterior de setembro, segundo dados do Banco de Portugal hoje divulgados.
Comentários