Amílcar Falcão é o novo reitor da Universidade de Coimbra

O novo reitor é doutorado em Farmácia e desempenhava até agora a função de vice-reitor na equipa de João Gabriel Silva.

Fotografia: © UC | Marta Costa

Amílcar Falcão, 54 anos de idade, natural da Nazaré, acaba de ser eleito reitor da Universidade de Coimbra (UC) para o mandato 2019-2023.

Doutor em Farmácia pela Universidade de Coimbra, desempenhou a função de vice-reitor com as áreas da investigação, inovação, empreendedorismo e desporto nos últimos dois mandatos reitorais (2011-2015 e 2015-2019) com o reitor João Gabriel Silva.

Diretor do Instituto de Investigação Interdisciplinar desde 2013, o professor catedrático da Faculdade de Farmácia da UC venceu a eleição para o mandato 2019-2023 com um programa de ação intitulado “Citius, Altius, Fortius” (inspirado no lema olímpico “mais alto, mais forte, mais longe”). Faz da necessidade de afirmar globalmente a UC enquanto universidade de investigação uma das suas bandeiras.

O novo reitor defende “uma aposta forte na investigação, um reforço no ensino e a transferência de conhecimento. “Não se ensina o que não se sabe e não se transfere o que não se tem. Temos de formar pessoas competentes e ser proativos na ligação à sociedade”, afirma o novo reitor.

A eleição do Reitor da Universidade de Coimbra é feita, desde 2011, numa reunião plenária do Conselho Geral da instituição. O organismo é constituído por 35 membros: 18 representantes dos professores e investigadores, cinco representantes dos estudantes, dois representantes dos funcionários não-docentes e não-investigadores e dez personalidades de reconhecido mérito, externas à Universidade.

Os outros candidatos à eleição do Reitor da Universidade de Coimbra para o mandato 2019-2023 foram Duília Fernandes de Mello, Ernesto Costa e José Pedro Paiva.

Ler mais
Recomendadas

Condução autónoma dá prémio internacional de inovação a investigadora da UMinho

Inês Rito Lima venceu a3ª edição dos Altice International Innovation Awards (AIIA), na categoria Academia. “É uma grande realização pessoal”, afirmou a investigadora.

Unicâmbio põe Silva Peneda, João Duque e Sobrinho Simões a debater os desafios mundiais na Porto Business School

João Duque é o moderador da terceira conferência de outono da Unicâmbio, subordinada ao tema “Os grandes desafios mundiais: como reagirão a Europa e Portugal?” A empresa liderada por Carlos Lilaia e Paulo Jerónimo põem cinco personalidades a debater cinco desafios mundiais.

Bruxelas junta 17 universidades europeias em projeto pioneiro

A Universidade de Aveiro integra este projeto da Comissão Europeia que vai abordar desafios da sociedade contemporânea.
Comentários