Economia cabo-verdiana cresceu 5,5% em 2018

Trata-se de um crescimento alavancado sobretudo por impostos líquidos de subsídio, construção e imobiliária.

A economia em Cabo Verde cresceu 5,5% em 2018, com o último trimestre a aumentar 7,6% em relação a igual período do ano anterior, segundo dados estatísticos divulgados esta sexta-feira na cidade da Praia.

O diretor do departamento de contas nacionais do Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde (INECV), João Cardoso, disse aos jornalistas, à margem da apresentação dos resultados das Contas Nacionais Trimestrais 4.º trimestre de 2018, que nesse período se registou um crescimento homólogo de 7,6%.

Trata-se de um crescimento alavancado sobretudo por impostos líquidos de subsídio, construção e imobiliária, disse. Em relação ao crescimento anual, em 2018 este foi de 5,5%, segundo as estimativas.

Em 2017, o crescimento foi de 4%, disse João Cardoso, sublinhando que estes valores traduzem um crescimento da economia em cabo Verde.

Recomendadas

Ilha do Sal foi a mais procurada pelos turistas em Cabo Verde no terceiro trimestre

O Reino Unido continua sendo o principal mercado emissor de turistas, neste trimestre, com 25,1%, do total das entradas, seguindo-se Portugal, Alemanha, Holanda e França.

Comité do Banco de Cabo Verde recomenda manter orientação da política monetária

A próxima reunião está marcada para 28 de janeiro de 2020.

Café do vulcão cabo-verdiano do Fogo chega ao gigante Starbucks

Uma parceria estabelecida entre empresários holandeses e cabo-verdianos está a levar o café da ilha do Fogo, produzido biologicamente junto ao vulcão, à gigante norte-americana Starbucks, a maior rede de cafés do mundo.
Comentários