Generali quer Tranquilidade, Apollo mais longe da GNB Vida

A arquitetura do setor segurador português está a mudar. O grupo da Tranquilidade está agora mais longe da GNB Vida e poderá mesmo ser vendido.

Há uma reviravolta a passar-se no setor segurador. A Apollo, que se apresentou a concurso para a compra da seguradora GNB Vida do Novo Banco, está agora mais afastada do processo de venda, soube o Jornal Económico. Em alternativa poderá ser vendida. Há várias companhias de seguros a olharem para a Tranquilidade, com vista a uma aquisição, sabe o Jornal Económico.

No processo de venda da GNB Vida, apesar de ainda não ter sido escolhida uma short-list de entre os seis candidatos que apresentaram propostas, há três mais empenhados e em conversações mais intensas com o Novo Banco. E a Apollo, a gestora de fundos  dona da Tranquilidade e da Açoreana, não está entre eles.

A Generali que entretanto também pôs à venda a seguradora em Portugal, mas entretanto, por ausência de propostas satisfatórias desistiu do processo, passa a compradora.

Artigo publicado na edição semanal do Jornal Económico. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

 

Recomendadas

WiZink lança Unido, a primeira app em Portugal aberta a todos utilizadores

A app gratuita funciona de forma independente, está aberta e disponível para todos os utilizadores, independentemente das entidades financeiras em que sejam clientes.

CGD emite 500 milhões de euros em dívida a cinco anos a 1,25%

A Caixa Geral de Depósitos realizou hoje uma emissão de dívida sénior não preferencial (senior non preferred), no montante de 500 milhões de euros, com o prazo de 5 anos e uma taxa de juro de 1,25%.

Banco de Portugal regista Nuno Zigue como CEO do Banco Santander Consumer Portugal

Em dezembro de 2018, Nuno Zigue foi nomeado CEO do Banco Santander Consumer Portugal, posição que foi agora reconhecida formalmente pelo Banco de Portugal.
Comentários