Quadro de Edward Hopper arrematado por 92 milhões de euros em leilão

Quadro “Chop Suey”, pintado em 1929, que retrata duas mulheres a conversar à mesa de um restaurante, foi um dos 91 quadros do espólio do empresário norte-americano Barney Ebsworth que foi a leilão na Christie’s.

Uma pintura do norte-americano Edward Hopper, “Chop Suey”, foi arrematada num leilão em Nova Iorque por cerca de 92 milhões de euros, um valor recorde para uma obra daquele artista vendida em leilão.

De acordo com vários órgãos de comunicação social internacionais, “Chop Suey”, pintado em 1929, que retrata duas mulheres a conversar à mesa de um restaurante, foi um dos 91 quadros do espólio do empresário norte-americano Barney Ebsworth, que morreu em abril, e que foi a leilão na terça-feira, stie

O quadro tinha um valor estimado entre cerca de 62 milhões e 89 milhões de euros. O empresário tinha-o comprado em 1973, por cerca de 160 mil euros.

No mesmo leilão foi estabelecido um novo recorde, desta vez para o pintor holandês Willem de Kooning, cuja obra “Woman as Landscape”, pintada na década de 1960, atingiu perto de 61 milhões de euros.

A coleção de Barney Ebsworth foi descrita pela Christie’s como “representativa da ascensão da arte norte-americana ao longo do século 20”, com uma variedade de estilos, do cubismo à abstração.

Os 91 quadros a leilão estavam avaliados em cerca de 311 milhões de euros.

Ler mais
Recomendadas

PremiumBLAST PRO SERIES Vai andar tudo aos tiros na Altice Arena

Lisboa está a ser palco, pela primeira vez, palco do circuito mundial de torneios de jogos eletrónicos, ou ‘eSports’. Uma indústria em crescimento vertiginoso em todo o mundo, que movimenta milhões em dinheiro, em praticantes, em audiências televisivas e em contratos de patrocínios.

Cesária Évora homenageada em Cabo Verde na segunda-feira

A Associação Cesária Évora organiza em São Vicente um espetáculo, que designou de “Roda de Mornas”, para assinalar o sétimo aniversário do falecimento da cantora, a 17 de dezembro de 2011.

Vai poder apreciar cultura Barroca através de realidade aumentada

A inauguração do Centro Interpretativo do Barroco, em Arcos de Valdevez, está agendada para o dia 15 de dezembro. O visitante da Igreja do Espírito Santo pode optar pela utilização de um tablet ou óculos de realidade aumentada – HoloLens – para aceder ao conteúdo interativo disponível no espaço.
Comentários