Varoufakis: o “Bruce Willis” da Grécia em Lisboa no 25 de abril

O ex-ministro das Finanças grego lançou movimento pan-europeu DiEM25. Hoje fará a tradicional descida da Avenida da Liberdade para assinalar os 44 anos da revolução portuguesa.

Yves Herman/Reuters

No dia 25 de Abril, o ex-ministro das Finanças grego Yanis Varoufakis fará a tradicional descida da Avenida da Liberdade para assinalar os 44 anos da revolução portuguesa. Além do movimento pan-europeu DiEM25, fundado por Varoufakis, também o Géneration.s, liderado pelo francês Benoît Hamon, o Alternativet, da Dinamarca, o Bündnis – DiEM25, da Alemanha, o DeMA, de Itália, e o Razem, da Polónia, participarão no desfile.

Yanis Varoufakis é filho de Giorgos Varoufakis, responsável por uma das maiores produtoras de aço da Grécia, a Halyvourgiki. Frequentou a Moraitis School, escola de líderes e artistas helénicos e começou a carreira nas universidades britânicas de Essex, East Anglia e Cambridge. Em 1998 mudou-se para a Austrália e, atualmente, tem as cidadanias grega e australiana. No ano 2000 regressou à Grécia para ensinar na Universidade de Atenas e em janeiro de 2013 aceitou um cargo na Universidade do Texas, em Austin.

Como ministro das Finanças, Varoufakis, com o cabelo rapado, abalou o “mundo sisudo” das cimeiras da UE ao chegar às reuniões vestido com casacos de couro e camisas por fora das calças, ao estilo das estrelas da música “rock” e do cinema, tendo sido rapidamente apelidado de “Bruce Willis da Grécia” por várias revistas alemãs.

Varoufakis foi o primeiro-ministro das Finanças do Governo do partido liderado por Alex Tsipras, mas entrou logo em choque com os responsáveis da Comissão Europeia numa altura em que a Grécia estava totalmente dependente de um novo resgate. O polémico ministro acabou por se demitir do Governo grego meses depois de estar em funções

Em 2015, o ex-líder foi ainda fotografado para a Paris Match ao piano e a jantar em grande estilo com a mulher no terraço do seu “ninho de amor, aos pés da Acrópole”, enquanto dizia à revista que abominava “o estrelato”.

“Blogger” ativo, Yanis Varoufakis escreveu vários livros, incluindo “The Global Minotaur: America, Europe and the Future of the Global Economy”.