Carta aberta dos motoristas: “Demarcamo-nos de qualquer ato de vandalismo no decorrer da greve”

O incidente em causa aconteceu no Parque TIR, junto à fronteira espanhola, esta madrugada. O Sindicato Independente dos Motoristas de Mercadorias condena todos os atos de vandalismo e violência que ocorram durante a greve dos motoristas.

greve_motoristas_matérias_perigosas_2

Depois de cinco camiões ficarem com os pneus esvaziados esta madrugada, em Vilar Formoso, o Sindicato Independente dos Motoristas de Mercadorias (SIMM) enviou uma carta aberta à comunicação social onde condena tais atos e afirma total demarcação de manifestações desordeiras e quaisquer atos de vandalismo associados.

“O SIMM é um Sindicato de trabalhadores Motoristas pacíficos e responsáveis”, lê-se no documento. “Acreditamos e apelamos a uma luta ordeira e pacífica. Não pactuaremos com atos de violência e vandalismo. Assim sendo demarcamo-nos de qualquer forma desordeira de manifestação e de qualquer ato de vandalismo no decorrer da greve”, afirma o comunicado redigido pela direção do sindicato e enviado esta terça-feira à redações.

O incidente em causa aconteceu no Parque TIR, junto à fronteira espanhola, esta madrugada, onde pernoitam diariamente centenas de motoristas. Contudo, segundo a TSF, a GNR, não confirma se os camiões em causa têm matrícula portuguesa e se o incidente está relacionado com a paralisação que arrancou esta segunda-feira.

Os motoristas de matérias perigosas e de mercadorias iniciaram, às 0h00 desta segunda-feira, uma greve por tempo indeterminado.

Portugal está, desde sábado e até às 23h59 de 21 de agosto, em situação de crise energética, decretada pelo Governo devido a esta paralisação, o que permitiu a constituição de uma Rede de Emergência de Postos de Abastecimento (REPA), com 54 postos prioritários e 320 de acesso público.

Recomendadas

Ministra garante que fecho da urgência pediátrica noturna no Garcia de Orta é temporário

A ministra da Saúde assegurou na segunda-feira que o encerramento à noite da urgência pediátrica do Hospital Garcia de Orta, em Almada, é temporário e que tentará que a situação “dure o menos tempo possível”.

Mau tempo: Dez distritos do continente sob aviso amarelo devido à agitação marítima

Dez distritos de Portugal continental vão estar na quarta e na quinta-feira sob aviso amarelo devido à previsão de agitação marítima forte, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Autarcas de Braga e Mafra estiveram na África do Sul a mostrar como retêm talento e apoiam a segurança

Ricardo Rio e Hélder Sousa Silva estiveram no encontro anual da Global Parliament of Mayors, em Durban. Ao Jornal Económico, os presidente da câmara falaram da missão dos seus concelhos em relação aos Recursos Humanos e à descentralização da segurança.
Comentários